ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 13º

Capital

JBS se compromete a criar plano contra mau cheiro

A empresa deverá pagar R$ 70 mil como doação por descumprimento anterior de normas da licença ambiental

Por Lucia Morel | 02/03/2024 16:08
Sede da JBS na avenida Duque de Caxias, no bairro Nova Campo Grande. (Foto: Reprodução Google Maps)
Sede da JBS na avenida Duque de Caxias, no bairro Nova Campo Grande. (Foto: Reprodução Google Maps)

Em novo TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), a unidade JBS da avenida Principal, no Distrito de Indubrasil se comprometeu a apresentar projeto de sistema de controle de emissões atmosféricas (mau cheiro). A população da região, ao menos desde 2013, reclama do mau cheiro provocado pelas fábricas da área, entre elas o curtume da JBS.

Além disso, a empresa deverá pagar R$ 70 mil como doação por descumprimento anterior de normas da licença ambiental, e ainda, apresentar estudos técnicos de investigação de eventual área contaminada e de adequado gerenciamento dessas áreas, caso comprovada a contaminação.

O valor da doação deverá ser depositado no Fundo Municipal de Meio Ambiente de Campo Grande. A indústria, que fica na saída para Terenos, já foi alvo de inúmeros protestos de moradores do bairro que nunca tiveram resposta ou solução para o problema.

O Campo Grande News acompanhou vários deles e relata a situação há bastante tempo. Outra unidade da JBS, desta vez frigorífica, localizada no bairro Nova Campo Grande também tem sido alvo de manifestações por mau cheiro. O jornal tem acompanhado, conforme as notícias abaixo.

Em nota, a JBS informa que opera em conformidade com a legislação ambiental e "mantém rígidos padrões de segurança no descarte dos resíduos de sua atividade industrial". Afirma que recente fiscalização do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) não detectou inconformidades diretamente relacionadas ao mau cheiro na região da Nova Campo Grande. "A companhia está atenta às demandas da comunidade do Nova Campo Grande e se mantém à disposição para dialogar com os moradores da região".

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

A matéria foi alterada por erro na identificação da unidade da JBS, alvo do acordo e atualizada para acréscimo do retorno da empresa.

Nos siga no Google Notícias