A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

16/07/2019 12:00

Em rua de acidente com morte, sobra excesso de velocidade no Lageado

Moradores e comerciantes na rua Evelina Selingardi dizem que trânsito é intenso e pedem melhoria na sinalização

Silvia Frias e Mirian Machado
Acidente aconteceu próximo do cruzamento, em local comercial e movimentado (Foto: Mirian Machado)Acidente aconteceu próximo do cruzamento, em local comercial e movimentado (Foto: Mirian Machado)

A movimentação intensa na Rua Evelina Selingardi, no Parque Lageado, faz parte da rotina dos moradores e comerciantes da região. Para eles, também são constantes os acidentes, muitos, por excesso de velocidade dos condutores.

Ontem à noite, o motociclista Leandro dos Santos Gauto, 32 anos, morreu em acidente de trânsito na via, em circunstâncias que ainda serão apuradas pela Polícia Civil. O condutor do caminhão envolvido na colisão chegou a ficar no local, mas acabou indo embora, com medo de retaliação popular.

O corpo de Leandro ainda será liberado para velório, na capela da Pax Nacional do Aero Rancho. O horário de sepultamento, no cemitério Nacional Park, nas Moreninhas, ainda não foi definido.

A proprietária de salão de beleza, que não quis se identificar, disse que mora há 15 anos na rua e lembrou que “direto acontece acidente”. Ela acredita que é preciso colocar mais redutores de velocidade na via. “Até tem quebra-molas, mas estão longe um do outro, aí, o pessoal corre muito ali”. Outro problema é que a via é essencialmente comercial, com trânsito intenso e, quando motoristas estacionam carro, estreitam ainda mais a passagem.

O pedido de reforço de sinalização foi feito por outra comerciante, Natália Araújo, 32 anos. A família tem mercado no bairro há 20 anos e disse que conhecia a vítima de vista, pois também morava na região há anos.

Ontem, por volta das 18h50, ouviu o barulho do acidente e, quando saiu, viu o caminhão parado e o corpo do rapaz. Segundo Natália, testemunhas relataram que Leandro estava em uma motocicleta, atrás do Ford F600, e tentou ultrapassar o caminhão, porém, teria se atrapalhado com outro veículo que vinha na pista contrária.

O caminhoneiro parou no local, passou mal e acabou fugindo quando percebeu que muitas pessoas estavam exaltadas. O veículo foi levado pela PM (Polícia Militar) para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) na Piratininga.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura de Campo Grande para falar sobre a sinalização no trecho e aguarda retorno.

Após lançar maconha na Máxima, dupla é perseguida e presa pela polícia
Dois homens, de 27 e 29 anos, foram presos nesta segunda-feira (14) após jogarem tabletes de maconha por cima do muro do presídio de segurança máxima...
Adolescente de 16 anos é apreendido com 95 papelotes de droga no Tiradentes
Um adolescente, de apenas 16 anos, foi preso ao ser flagrado com 95 papelotes de cocaína no Bairro Tiradentes, em Campo Grande. Os policiais civis d...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions