A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/01/2011 16:13

Empresário denuncia abuso de policiais militares durante “batida” no Tijuca

Marcio Breda e Jorge Almoas
Empresário acionou Corregedoria nesta tarde. (Foto: João Garrigó)Empresário acionou Corregedoria nesta tarde. (Foto: João Garrigó)

Com prejuízos no carro e medo de sofrer represálias, empresário de 28 anos, que pediu para não ter o nome divulgado, procurou hoje a Corregedoria da Polícia Militar para denunciar o abuso de cerca de 15 policiais durante uma abordagem nesta madrugada em uma conveniência no bairro Tijuca, na Capital.

Segundo o empresário, era 1h30 quando ele saiu de casa para comprar refrigerantes na conveniência Jarrão, na Avenida Marechal Deodoro. Após estacionar em frente ao local e entrar na loja, três viaturas - com cerca de 15 policiais, chegaram e iniciaram uma “batida”.

No local, segundo o empresário, haviam 40 pessoas, que foram imediatamente rendidas. Uma das vítimas acompanhou o empresário à Corregedoria nesta tarde.

Durante a operação, o empresário alega que os policiais dispararam balas de borracha e soltaram bombas de efeito moral, que quebraram o pára-brisa e parte da carenagem de seu carro, um VW Gol.

Mesmo mobilizando todos os clientes, os policiais não revistaram ninguém, alega o empresário.

Após a operação, ele tentou avisar um dos policiais de que o vidro de seu carro havia quebrado, mas foi insultado pelo PM com palavrões, garante. “Disse para que eu reclamasse com seu sargento”, lembra o empresário.

Ao chegar em casa, ele decidiu ligar para o 190 (número do Centro Integrado de Operações de Segurança) para saber como deveria proceder. Porém, na linha, outro policial militar perguntou o que ele fazia na conveniência àquela hora da madrugada. Após muita conversa, o policial na linha afirmou que seria feita uma pericia em seu carro.

Ainda na madrugada, 3 viaturas chegaram a sua casa, alegando que fariam a perícia no carro, o que não ocorreu. Os PMs apenas exigiram toda a documentação do carro e do proprietário e se negaram a ver o veículo. “Eles não falaram nada, mas era claro que o objetivo era intimidar”, diz o empresário.

“Não quero que fique impune. Não ligo e nem quero indenização, mas isso não pode ficar assim, os policiais estavam intimidando”, disse o empresário, que afirma que os prejuízos no carro somam R$ 800.

O Comando da Polícia Militar informou ao Campo Grande News que ainda hoje irá se pronunciar a respeito e que irá analisar a operação assim que o caso for registrado na Corregedoria.

Gol do empresário foi atingido por bomba de efeito moral disparada pela PM. (Foto: João Garrigó)Gol do empresário foi atingido por bomba de efeito moral disparada pela PM. (Foto: João Garrigó)


É impressionante tamanha inversão de valores, quando a polícia tenta manter a ordem em um local onde menores fazem exposição de seu corpo em troca de dinheiro ou pequenas quantidades de intorpecente, menores são aliciados e muitos marginais e foragidos da justiça exibem armas de fogo, esses herois anônimos são recebidos com pedradas e xingamentos por vadios e desocupados que ali estão a procura de drogas e sexo barato com adolescentes. Duvido muito que essa pessoa que se diz empresário estivesse naquele local apenas para comprar refrigerante como afirma, ele deveria ter a ombridade e assumir o que estava fazendo naquele local. Tudo bem que ele tem o direito de ir, vir e permanecer, mas como diz o ditado: PASSARINHO QUE COME PEDRA SABE A RESPONSABILIDADE QUE TEM. A polícia não deve se intimidar com os ataques de vandalos e se necessário deve usar a força sempre que preciso for. É melhor vidros quebrados do que vidas ceifadas como a daquele jovem naquele antro no dia seguinte. Parabéns policiais que heroicamente tentam trazer ordem e tranquilidade para os moradores daquele local.
 
Antonio Edson em 25/01/2011 03:47:48
todos falaram do art.5 da CF,e esqueceram que o seu direito acaba quando passa a ferir o do outro e que a policia militar nao e apenas para combater o crime como acredita uma cidadã,que escreveu palavras juridicas estonteantes, mas sim para manter a ordem e a segurança de todos.acredito que todos estao certos em seus pontos de vista e que realmente temos o direito de ir e vir e permanecer,porem,como ja dizia minha vo-digas com quem tu andas que direi quem tu es- sem generalizar, quem vai a um local como relatado por diversos moradores de que drogas e sexo explicito e visivel, e com menores com poucas roupas exibindo-se,com certeza nao foi apenas para comprar um refrigerante e outra nao sao apenas 40 pessoas e sim centenas de pessoas, pois quarenta pessoas nao atrapalharia a passagem de um onibus,pois quem conhece o local sabe que ha muito espaço para ficarem.Obviamente se nao ha espaço nem para onibus passar como e que esse cidadao conseguiu estacionar o seu carro proximo a conveniencia, ou estava junto com os demais veiculos disputando som ou com certeza que como ele disse que foi apenas comprar um refri deixou seu carro afastado do local, ficando assim dificil de terem acertado qualquer artefato militar sem ter danificado outros veiculos ou pessoas,algo esta errado e fazer denuncias contra policiais para tentar auferir lucros ou para apenas prejudica-los so nos faz acreditar que estamos vivendo uma anarquia.fico triste em um comentario de uma pessoa que diz ser coronel das forças armadas relatar algo tao agressivo e ameaçador parecendo estarmos na ditadura e ainda afirmar que faz questao de acompnhar o caso, tenho certeza de que nao e um militar e sim alguem passando-se por tal, pois tal afirmaçao nao sairia de um ilustre oficial.
 
Flavio Maciel em 24/01/2011 09:38:50
Parabéns a PM por tentar acababar com a baderna na região. Só que cuidado senhores PM'S. Todo policial devem ser treinado ou precisam ser alertados, que nem todos que andam pela madrugada ou pelas vias públicas e comercios são bandidos. Existem, pessoas que trabalham a noite, ex: enfermeiros, médicos, coletores de lixos, frentistas, moto taxistas, taxistas, bombeiros, feirantes, ambulantes etc, que muitas vezes vão estar trafegando ou parando para comprar algo fora de hora, então Alerta, Atenção, cuidado, nem todo mundo é marginal.
Eu já também já presenciei abuso de autoridade de um PM, na Véspera deste natal. Estavamos na minha casa numa reunião familiar ouvindo som do carro no quintal, quando uma viatura passou e deu marcha ré bruscamente, descendo os policias com revolver/pistola apontando em direção a nós. O carro estava com 02 crianças de colo dento brincando, mesmo assim um dos policias foi muito agressivo, estupido e covarde. Pra que chegar desse jeito em casa de família, onde tinha criança, idosos e pessoas de bem. Muitas vezes alguns policiais precisam de + treinamento, reuniões, palestras para poderem trabalhar + sussegado. Outra coisa o salário precisa melhorar, pois não tem quem não fica estressado com um salário desse....

 
Alfredo Afonso Marin em 24/01/2011 09:13:18
Não consegui ler tantos comentarios que nada tem haver com os fatos ocorridos nesta madrugada. O fato foi que a PM (uma viatura) veio até o local e foi recebida com muita gritaria e bombas (vendidas na conveniencia) arremessadas contra os policiais; que em seguida acionaram mais 3 viaturas (sendo uma do policiamento der transito) e cercaram a esquina e então foi aquela correrria tanto a pé quanto em motos e carros (incrivel alguns subiram nas arvores proximas para se esconderem); mas como tem ocorrido sempre no meio de uma confusão alguns cairam outros atiram pedras e protestaram contra a ação dos policiais, pois quem frequenta o local julgam ter o direito de diversão (bebendo, gritando, dançando, drogando-se, transando nos carros ou embaixo das arvores, fazendo zerinho com carros ou motos, urinando nos portões ou muros das casas proximas e disputando qual carro tem o som mais potente (no volune maximo). Portanto todos temos direitos e deveres, mas para alguns jovens e adolescentes o que vale é a diversão (bagunça) e que se danem os outros a sua volta.
 
Silvio de Souza em 24/01/2011 05:57:56
Ele pode muito bem estar no lugar errado, na hora errada,,, é claro que os policiais enfrentam um estresse tremendo numa situação de abordagem,, medo,,adrenalina; truculência que muitos bandidos merecem;;;; porém erros podem ocorrer,sim; mas não justifica que a polícia possa ou tenha que voltar atrás,,afinal se o rapaz é um cidadão de bem, é a favor dele e de muitos outros de bem que a polícia trabalha.em suma erro não justifica erro;;; se estava errado façam o certo;; as consequências desta cultura gera ++mais prejuízo e desconfiança..afinal precisamos confiar na polícia.
 
elias leite em 23/01/2011 12:11:11
Olha... lendo tudo o que esse empresário alega, faz com que ele pareça um anjo! Aí tem hein!!! Pelo que nos apresenta ele nem devia estar de carro, deveria ter ido à conveniência voando, com suas asas angelicais.
 
Alessandra Fontes em 23/01/2011 08:36:51
A abordagem deve ser menos truculenta nao podemos confundir ou ate mesmo generalizar todos. tolerancia zero nao significa violencia e sim prevencao. ok vamos colocar em pratica a educacao e os direitos de cada um.
 
roberto de moura em 23/01/2011 08:14:34
"QUE DEUS NOS PROTEJA DOS BANDIDOS.... E DA POLICIA TAMBÉM"!!!!
CADÊ O TREINAMENTO DESSES POLICIAIS, CADÊ
AS CAPACITAÇÕES EM DIREITOS HUMANOS!... OU AS CAPACITAÇÕES SÃO SÓ PARA AS ALTAS PATENTES... AQUELES QUE ANDAM COM SUAS FARDAS CHEIRAS DE MEDALHAS... MAS E OS POLICIAIS QUE TRABALHAM NAS RUAS ESTAO PREPARADOS PARA ATENDER AO PUBLICO, PARA ATENDER O CIDADÃO COM RESPEITO E DIGNIDADE, OU PRECISAM DE SUAS ARMAS, DE SPRAY DE PIMENTA, DE BOMBAS DE EFEITO MORAL, ETC, ETC... ??????????????
 
joana rezende em 23/01/2011 05:58:11
Quem não é conivente com o que acontece neste lugar, não o frequenta.
A polícia se faz presente para defender as pessoas de bem, contra os bandidos.
Hoje morreu um rapaz nesta mesma conveniencia. Cada um tire suas proprias concluses, e continuem defendendo os frequentadores deste lugar se acharem realmente que são 'inofensivos'.
Agora não são mais 'infrações' e sim um crime! Continuem defendendo essas pessoas, quero ver onde vai parar a sociedade!!!
Se cada um tem o direito de ir e vir, cade o meu direito de dormir em paz para poder trabalhar?!
 
Cristiane Ferreira em 23/01/2011 04:27:29
antes de tudo temos q ter a consciencia q o cidadão tem o direito de IR e VIR.como existem pessoas q trabalham durante o dia a tmb pessoas de bem q precisam trabalhar durante a noite,e quanto aos policias,acho q eles tem o direito e o dever de proteger a sociedade mas com dignidade,não chegar atirando,soltando bombas,spray de pimenta,dando tapas em pessoas q eles não sabem se são de bem ou bandidos.tenho um estabelacimento comercial proximo a conveniencia guanandi,e ali ja presencie varias vezes policiais cometendo abusos,eles revistam as pessoas o q eu acho otimo,e mesmo quando não acham nada de errado com essas pessoas eles jogam spray de pimenta no rosto do cidadão.....e quanto ao rapaz q morreu,não foi na conveniencia guanandi foi proximo .....a policia não mexe com bandidos de verdade,eles não tem preparo para isso,querem intimidar pessoas q eles sabem q não tem sabedoria para se defender,pessoas humildes....estou colocando cameras de segurança no meu comercio para me proteger de bandidos e garanto q não vai demorar muito para todos verem videos q vou colocar a disposição,mas não de bandidos e sim de policiais cometendo atrosidades.NÃO PRECISAMOS DE VIOLENCIA PARA O CUMPRIMENTO DA LEI
 
pedro eduardo de souza em 23/01/2011 04:24:16
NOTA-SE QUE A PELÍCULA NO PARA-BRISA DO VEÍCULO EM QUESTÃO NÃO PERMITE VISIBILIDADE NENHUMA QUANTO A POSSÍVEIS PESSOAS NO INTERIOR DELE, DE FORMA QUE ALÉM DE MULTA (CONFORME RESOLUÇÃO CONTRAN Nº 254/07) GERA-SE SUSPEITA E RISCO AOS POLICIAIS QUE FAZIAM OPERAÇÃO NO RECINTO, JÁ QUE DENTRO DESSE CARRO PODERIA HAVER QUALQUER TIPO DE PESSOA SUSPEITA PORTANDO ARMAMENTO. EM PAÍSES DE PRIMEIRO MUNDO TAIS COMO ISRAEL OU EUA ESSE AUTOMÓVEL JAMAIS SERIA ACEITO EM CIRCULAÇÃO, VISTO QUE OFERECE RISCO IMEDIATO A TODOS. ACHO TEMERÁRIA TAL RECLAMAÇÃO À CORREGEDORIA.
 
André Luiz em 22/01/2011 12:10:40
QUANDO A POLICIA NÃO FAZ NADA QUANTO AOS BARDENEIROS DAS MADRUGADAS, COLOCANDO EM RISCO A VIDA DE OUTRAS PESSOAS O POVÃO RECLAMA..........E QUANDO FAZ UM TRABALHO DE REPREENÇÃO O POVÃO RECLAMA DO MESMO JEITO....PARABENS POLICIA MILITAR - MS, SE NÃO FIZER ASSIM,CAMPO GRANDE VAI VIRAR RIO DE JANEIRO....O CARA TAVA EM LUGAR ERRADO E HORA ERRADA,.....NO MEIO DE BANDIDOS.......FICA EM CASA ESTUDANDO.......
 
Luiz Gustavo em 22/01/2011 11:56:58
Som alto, pessoas completamente embriagada ao volante, saido e chegando. bagunça generalizada, e vem um empresário dizer que havia acabado de chegar pra fazer compra de um refrigerante, tadinho..., ele ta brava pelo simples fato de o seu veículo ter sido atingido. Nessa conveniência é uma bagunça sem tamanho e a polícia está de parabéns em fazer essas operações, quem pensa ao contrário, vai morar ao lado de um conveniência dessas.........com filhos pequenos..........
 
Marcelo Alves de Nogueira em 22/01/2011 11:29:37
policia militar malha protetora da sociedade, sao pais de familias como outros quaisquer, soltos na madrugada sem ninguem pra lhes protejer, pois os proprios legisladores nao dao a minima pra esses herois, dai vem um cidadao desses bebendo, fazendo bagunça às 01:30 da manha, acha que por ser "empresario" é o tal, e ainda quer reclamar! Esse é o nosso pais numa total inversao de valores, onde quem trabalha nao tem valor, porem o vagabundo é o cara que detem todos direitos dessa constituiçao e desse sistema falido que só beneficia bandidos e politicos corruptos! espero que a policia nao se intimide com isso e continue fazendo seu trabalho mesmo que se preciso for com o uso da "truculencia", pois somos violentados todos os dias por politicos e bandidos e ninguem faz nada, agora querem dar liçoes de moral e direitos humanos !
 
andre luiz em 22/01/2011 11:12:10
Infelizmente vai ser sempre isso, o fato ocorre porque ainda temos pessoas que vivem em um submundo, e não sabem quais são seus deveres e direitos. O fato de ele ter ido a conveniência encher a cara, ou comprar refrigerante, não adentra ao mérito da questão... O que também não é crime, o Art. 5º da Constituição Federal diz: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade...” Se caso o mesmo tivesse dirigindo bêbado, ou com uma película ilegal, isso é infração e não crime, portanto não é o trabalho da policia fiscalizar isso. Acordem, ou o Brasil vai ser sempre isso. Agora, queria ver se fosse o carro de vocês. Fato lamentável!
 
Katia Beatriz em 22/01/2011 11:02:15
A Policia esta certa mesmo, nesses locais tem que agir com certa violência sim, pois se não esses bandos de arruaceiros não respeitam, e outra teve uma pessoa ai que falou que nesses lugares não tem bandidos, acho que ela não lembra que ano passado uma pessoa foi morta enfrente da conveniência guanandi, e sempre a brigas nesses lugares, no posto FIC mesmo você passa por a noite, tem um monte pessoas ingerindo bebida alcoólica e tirando rachas de som com seus veículos, a policia tem que fazer isso todas as vezes que esses arruaceiros forem badernar nessas conveniências.




 
Jefferson Benedito em 22/01/2011 10:52:04
olha vendo os fatos!!!nao podemos alegar que fulano ta errado de sair de madrugada e que a policia pode soltar bomba aonde bem entender pois bomba faz um tremendo barulho e eu pelo menos trabalho e acordo cedo de manha.estou a disposição da policia militar e sua "corregedoria " nao adianda denuciar na corregedoria e sim no ministerio publico pois "covardes e vagabundos" como sao os policiais militares que estavam nessa operação nao tem objetivo e nao estao preparados para defender a ordem e a segurança em nossa cidade lamento pois falta policia de verdade e oque temos sao bandidos e covardes fardados!!!nao tenho medo de represalia aprendam denucie nao na corregedoria e sim no """ministerio publico"""".
 
vitor rocha em 22/01/2011 10:51:14
Tudo começa com o Lula cuspindo na constituição, e amputando do cidadão, o sagrado direito de defesa, com o estatuto do desarmamento.
Passa pela portaria interministerial do novo ministro da justiça, que restringe os policiais a darem tiros de advertencia, apontar armas durante as abordagens, atirar em veículos que furem o bloqueio etc, etc, etc.
E termina com situações como essa, em que ninguem pode julgar o que é um bandido e o que é um policial.

O desastre chamado Estatuto do desarmamento, foi o criador de toda essa situação.
ele desqualificou totalmente os critérios que fazem do cidadão um bandido, e transformou o bandido em cidadão.

O policial hoje, seja PM, PC, PF, PRF, etc, esta sentindo na pele, a reação de uma ação implantada no nosso ordenamento jurídico por um governo podre, pretencioso e controlador, que tirou a liberdade do cidadão de bem, em favor de poupar a vida de marginais que não fariam falta alguma a nossa sociedade.

para encerrar lembro a vocês, que a policia não tem uma policia para ela, se não na inteção de fiscalizar e fazer terrorismo, e se em caso de troca de tiros algum policial fosse baleado ou mesmo morto por bandidos, a corregedoria nada faria em favor da viuva e dos filhos que este homem deixasse.
 
Danilo A. Corrêa Filho em 22/01/2011 10:48:18
Pô CORONEL DAS " FORÇAS ARMADAS"o senhor é muito bravo, violento e ainda tem uma esposa" Magitrada", algemar e descer a lenha , e chama á Policia de marginais fardados,simpesmente o senhor se igualou os marginais !! mas o que pegou mau foi o senhor quer ir de "MÃOZINHAS DADAS EM ORDINÁRIO MARCHE! FORA DE FORMA CORONEL, MARCHE! BELA ACADEMIA HEM!!
 
José Antunes da Silva em 22/01/2011 10:43:07
Todos tem direito de descansarem e dormirem em paz.
Concerteza , nas imendiaçoes do referido local , riden pessoas que trabalham o dia todo , e que tem que dormirem para descansarem .
A também e crianças e idosos que tem que ser respeitado o seu decanso , e isso é impossivel avendo racha de som durante toda noite .

Parabéns á Policia Militar !!
 
Elias pedro dos santos em 22/01/2011 10:15:11
Realmente ainda há pessoas que felam mal da policia e que esta policia tem que pegar bandidos.... isso é verdade, mas se também a policia não tivesse que se preocupar com este pessoal ( no geral ) que ficam na frente de varias distribuidoras de bebidas incomodando as pessoas que simplesmente estão em casa para descansar e ter um pouco de sossego... coisa que não acontece por tal motivo...e que neste momento em que varias viaturas de policia ali estão... coisa pior deixam de priorizar.... e ainda há pessoas que falam mal desta policia... é só perguntarem para a população que mora pelo local se aprovaram ou não este serviço da policia...ai você vai ter a verdadeira resposta, a resposta das vítimas destes locais..
 
wagner lopess em 22/01/2011 09:53:26
Esse que da o nome de, Cel. Gonçalves rsrsrsrsrsrsrsr, deve ser um desses papai de bandidinhos qua por ser filho de milíco acha que é o presidente da republica. Seu Gustavo acredito que não sabes nada de segurança e muito menos de abordagem, deve ser somente de gabinete. se recicle meu nobre colega, eu fui da ativa, graças a Deus já pendurei as chuteiras mas vejo o atraso que certos camaradas da ativa estão impondo ao povo
 
Ex Tnte. Taveira em 22/01/2011 09:51:16
Alguém já passou perto dessa conveniência de Madrugada?Faça uma pesquisa com quem mora nas vizinhanças,é uma verdadeira bagunça de gente bebendo e acredito também,que deva rolar algo mais.
Somente um bando de desocupados para ficar ate de madrugada incomodando quem precisa trabalhar no outro dia.Sou a Favor a policia tem que reprimir mesmo,essa e a versão do cidadão.E a dos policiais?Nos cobramos ação das autoridades e quando eles agem condenam.Ate hoje não vi a PM entrar esculachando em um ambiente Familiar,como Restaurante,pizzaria etc....
 
Edson Carlos em 22/01/2011 09:51:03
em toda parte tem esse tipo de baderna no novos estados tambem é assim dia de feira livre ninguem aguenta a bagunça , a policia deveria multar esses baderneiros e manda-los embora ! gente de bem não se mistura nessa bagunça !
 
marcio leal em 22/01/2011 09:50:52
Esses ai que criticam a policia não sabem de nada! Me diga como dentro de 3 viaturas saem 15 policiais, me fala ai...Hein Coronel das Forças Armadas, não sabe de nada. Nunca atuou numa missão e fica ai enchendo a boca pra falar da Policia.
 
João Roberto em 22/01/2011 09:40:55
Em um horário desses, o empresário falar que foi comprar refrigerante? Seria melhor tentar achar outra desculpa essa não consegue colar nem para as crianças do colégio Infatil, e nesse horário que todos já estão com o nível itílico alto tem é que chegar pronto para qualqur reação, como é de costume os malácos agem sempre colocando-se como vítimas. Se a polícia não agir cobram ação, quando agem combram que não se devia agir...e ainda tem mais a polícia quando chegou ali já sabia o que iria fazer, já havia recebido informação do que era pra ser feito. Pois ali estava alguém a paisana vnedo a anotando tudo o que se passava no hambiente.
 
Valfrido da Silva Mello em 22/01/2011 09:37:49
Gostaria de perguntar àqueles que defendem essas atitudes se eles ou alguém da familia deles ja sofreram a mesma coisa, pois quando se sente na pele a ação abusiva, desses que deveriam nos proteger, é que se oque realmente acontece...obs.: também sou servidor como as que fizeram isso!!!
 
Diogo Baco em 22/01/2011 09:26:39
Aquela conveniência é um problema sério para os Cidadãos de bem, parabéns a polícia, pois tenho certeza que se o reclamante estivesse na igreja ou em casa com a família não teria sido abordado. É pratica comum desse pessoal que freqüenta "certos locais" se ferirem ou quebrarem um bem próprio pra depois acusar policiais que estão preservando a integridade do cidadão de bem. Se fosse nos Estados Unidos ele estaria preso e essa conveniência fechada.
 
Luiz Alves em 22/01/2011 09:25:14
Amigos. sabemos que a policia deve agir em ações preventivas como abordagem, mas é valido saber que nao da o direito de uso de violencia, temos mesmo que reclamar..reivindicar nossos direitos, e que a corregedoria nas se faça de esquecida.
 
Mauricio Fernandes em 22/01/2011 09:24:35
Acho que devemos ser um pouco menos passionais e analisar a situação friamente:
1º Conveniência - só quem mora perto, ou precisou passar em uma situação de emergência por uma delas, sabe que é o inferno na terra, tudo de ruim acontece como já foi comentado.
2º Vítima - claro que todos temos o direito de ir e vir, mais qdo vamos a um lugar como esse estamos assumindo certos riscos.
3º Ação Policial - a policia de exedeu é fato, as razões devem ser analisadas, não acho que seja fácil pelo salário que ganham enfrentar um multidão de pessoas sob efeito de diferentes drogas, acho tbm que falta preparo e que existem - como em todo lugar - maças podres.
O cidadão está certo de procurar seus direitos e a policia espero que continue suas ações nessa e em outras "conveniências". Espero tbm que os pais não deixem seus filhos frequentarem este tipo de lugar e que os trabalhadores possam procurar outra opção de divertimento (apesar de achar q trabalhador nenhum fique, inclusive durante a semana fazendo zona na rua). Não adianta somente criticar, temos que tentar dar outras opções de diversão para os jovens e ser respeitados e respeitar a polícia, que tem papel fundamental numa sociedade livre e organizada!
 
Clarice Mesquita em 22/01/2011 09:18:16
PARABÉNS a policia militar,pela abordagem nesta conveniencia,deveria ser feita em todos os postos onde se encontram os bardineiros desta cidade.na maioria das vezes são filhinhos de papai,que vão ali para consumir todo tipo de drogas ilícitas,e perturbar os sono da maioria da população proximos aos locais.pessoas deste tipo deveria estar se achegando cada vez mais a DEUS.tenho pena é da mãe destes bardineiros que não sabe o que o filho está aprontando na rua.na maioria das vezes são os pais que dão a tal liberdade aos filhos.continuem assim policiais militares fazendo estes arrastões desarticulando estas pessoas das ruas.
 
plinio silva em 22/01/2011 09:15:38
Diante de tudo que foi exposto o comentario mais ridiculo e deste coronelzinho das forças armadas, parece que estamos ainda na ditadura, tudo mundo que tem algum conhecimento, sabe que aquele local e alto risco até mesmo para policia, chegar para fazer uma abordagem tem que ser muitas viaturas e de forma energica, agora se houve excesso que seja apurado, o que não pode e a policia dar mole a esses bandidos e vagabundos que ficam de madrugada tomando cachaça e usando drogas, acredito na policia de mato grosso do sul, pois todas vezes que precisei deles fui bem atendido.
 
pablo palmeiras em 22/01/2011 09:12:40
Eu penso de uma forma , não importa o que ele foi fazer na conveniencia, se ele for comprar refri, cerveja ou pinga seja o que for, agora vai virar ditadura o direito de ir e vir não existe mais, agora tem que ter horario pra fazer as coisas? Acredito que tem muitos policias que são exemplares, por que já fui abordado a noite e trataram com educação mas penso que cada um tem que respeitar o serviço de cada um, ninguem está na rua para aguentar insulto de ninguém.l
Mas o caso tem que ser apurado por que o rapaz não procuraria esse veiculo de informação , se não fosse verdade.
 
gustavo pereira em 22/01/2011 09:02:02
parabéns a esses policiais!!!! precisam mesmo manter a ordem... eu sei o que é bagunça em certas conveniencias, aqui perto tem uma que não deixa quem trabalha descansar de tantas bagunças e desordem, som auto e depois quando a policia chega todos são quietinhos...e ainda a sociedade critica a segurança quando trabalha!!!!!
 
dalva loureiro saravy em 22/01/2011 09:01:20
Não sei o que é pior, se é a truculência policial ou os comentários favoráveis a atitude dos PM's. Alguns aqui se prestam a denegrir a imagem do empresário pelo simples fato dele ir à conveniência no horário da madrugada. E daí se ele tivesse ido comprar cerveja ou refrigerante? O cidadão é livre para ir e vir, isso é constitucional. Como já foi dito aqui nos posts, atitudes como esta são fascistas e amanhã as próximas vítimas podem ser esses cidadãos favoráveis à truculência.
 
Jonas Tralli em 22/01/2011 09:00:12
Mais uma cagada da policia,independente o que foi comprar na conveniencia,nenhum policial e dono das pessoas ,perguntar o que ta fazendo essa hora na rua,isso e problema de cada um e nao de um policial mal educado a serviço do estado,carregedoria e conversa fiada,nunca da nada ,eles sao corporativista eles invertem tudo,ja temos varios exemplos anteriores,cade o secretario de segurança nesse caso ,cade o comandante da policia nao sabe que seus subordinados estao fazendo,graças a imprensa livre temos o direito de pelo menos escrever nossa opiniao.
 
EDER REIS em 22/01/2011 08:55:24
Eu nào sabia que o toque de recolher havia voltado ao Brasil , diga-se Campo Grande ou em Mato Grosso do Sul , è assegurada na constituiçâo federal direito do cidadâo ir e vir nâo importa a hora e local , a filosofia de atirar primeiro e depois para verificar ........ em MS voltou a ditadura ????
 
Alberto Romero em 22/01/2011 08:42:39
Parabens para a policia, naquela conviniencia se reunem e amanhecem pessoas bebendo, disputando rachas de som e fazendo bagunça, tem que se fazer abordagens policiais la e´ todo dia. Quem nao e conivente com o que acontece ali, jamais iria naquele local comprar refrigerante, ainda mais de madrugada.
 
antonio pedroso marcondes em 22/01/2011 08:10:40
Muito bem Sr. Valdemir, concordo com o Sr. E aos outros devem ler a Constituicao.
"Todo cidadão indistintamente tem direito à sua liberdade, ao direito de ir e vir, só podendo ter a sua liberdade cerceada, em decorrência de prisão em flagrante delito ou por mandado judicial, devidamente fundamentada por autoridade judiciária competente, não devendo confundir autoridade judiciária, com administrativa ou cartorária, devendo estes representar à autoridade Judiciária, a fim obter autorização no sentido de se promover à restrição da liberdade de alguém, o que deverá observar dispositivos legais que oportunizam tal cerceamento. "
 
Joao da Silva em 22/01/2011 07:55:41
Depois de quinta feira a bagunça começa...
Toda semana é a mesma coisa.
Engraçado um cara sair de sua casa para comprar um refigerante às 01:00 ou 02:00 da manhã, vai ter sede assim de madrugada "lá na conveniência"...
Há aproximadamente 3 semanas um cabo da PM foi atropelado em uma dessas "batidas" (como se referiu tal cidadão ofendido), e ninguém nem disse nada, QUE SE DANE O CABO PM, né, afinal ele não estava fazendo nada além de sua obigação.
Isso é um trabalho para o DEOPS (Policia Civil) e Prefeitura de Campo Grande, mas enquanto esses órgãos não fazem sua parte (seu dever), cabe aos PMs ("pau mandados"), fazerem o "trabalho sujo", fiscalizar e tentar acabar com a baderna, que a cada dia fica pior.
 
Wanderlei M. Junior em 22/01/2011 07:47:50
Truculencia e abuso de falsa autoridade. É dessa forma que avalio a situação. Esses policiais não deveriam estar na rua para proteger os cidadãos de bem?? Como combater a violencia com violencia?? Será que os meses de preparação, realmente prepara esses policiais para ação?? Se todos denunciassem as cotidianas violencia física e psicológica que sofrem a corregedoria teria muito trabalho...
 
Valdemir P. Galeano em 22/01/2011 07:27:49
O fato do cidadão estar bebendo ou comprando refrigerantes não tira, nesse caso, o demérito da policia. Pelos fatos narrados, apesar de termos "ouvido" apenas um dos envolvidos, a policia agiu com certo exagero. Não há necessidade de chegar em lugar nenhum soltando bomba ou dando tiros com bala de borracha. A polícia tem que chegar, fazer o seu trabalho de averiguar as pessoas ali presentes, e se alguma estiver portando drogas, armas, veiculo roubado ou sem documento, fazer a apreensão e ecaminhar a delegacia para que sejam tomadas as providências. Jogar a culpa no governo federal, como fez um cidadão abaixo, não faz o menor sentido. A polícia militar está sob o comando do governador do Estado. Isso representa inveja e falta de conhecimento de algum tucano despeitado. E voltando ao ocorrido... a polícia deve sim agir, e interceder quando for necessário. Mas excessos só vão nos levar a um estado policial que não é bom pra ninguém. Que o diga aqueles que viveram o regime militar. Sempre elogiei a policia de MS, que fazem verdadeiros milagres com sua pouco estrutura e salários baixos. Mas esses exageros, como aparentemente aconteceu com esse cidadão, devem ser severamente punidos. A polícia tem que estar ao lado da população, e não contra a população. A única coisa estranha ai é ter ido comprar refrigerantes a 1h30 da manhã... as crianças realmente não queriam dormir... mas como isso não tira o demérito da policia, se realmente foi isso que aconteceu, esses policiais devem ser punidos para que não mais cometam esses excessos.
 
Thiago André Cunha Miranda em 22/01/2011 07:10:07
Vivemos em um país livre e temos o direito de ir e vir a hora que quisermos. Não é só bandido que vai a conveniência comprar refrigerante durante a madrugada. A polícia deve abordar o cidadão comum com respeito e educação. Tomem cuidado, isso pode acontecer com qualquer pessoa.
 
ECIO EDUARDO em 22/01/2011 06:49:07
Que desculpa mais esfarrapada desse cidadão, em plena madrugada ir comprar refrigerantes em conveniencia, a policia esta fazendo seu papel contra barderneiros, no minimo esse cidadão quis cantar de galo, vamos lá policia, façam sua parte, PARABENS
 
Gilmar F. Marques em 22/01/2011 06:46:31
parabens policia miltar voces tem e que faser isto mesmo ( tem uma conveniencia na rua fernando da costa apos rua jose antonio ) ( passem la tambem para voces verem a bagunca que e ) ( quando passo de manha para ir ao trabalho tipo 6.00 hrs da manha estao la embriagados ( vajam isto ) ( parabens /parabens mesmo )
 
ROBERTO CARLOS DE OLIVEIRA em 22/01/2011 06:35:56
Policiais Parabéns!!! Ótimo, excelente serviço, vcs heróis anônimos que tanto sao criticados e nunca elogiados, se tem gente reclamando de abordagem é porque a polícia está no batente a noite inteira, ainda vem esse empresário dizer que tava comprando refri......
 
Carlos Lopes em 22/01/2011 06:28:29
A PM esta de parabéns com essas ações!! Pois essa conveniência e o pesadelo de todos os moradores da região, hoje um barro que sempre foi tranquilo virou local de rachas, badernas e uso de drogas, apoio o intensificação dessas ações pois logo após a saída da PM tudo volta como estava pois hoje as 7:00hs da manha quando me levantei para trabalhar ainda estava uma baderna com som no ultimo volume
 
Daniel Pizani em 22/01/2011 06:10:09
parabens para policia militar nos que moramos proxima desta conveniencia agradecemoos o bom serviço prestado final de semana nos nao temos paz som alto gritaria no caso dos policiais for punido nos da comunidade estamos a disposiçao para defender en qualquer tribunal ok
 
carlos marques em 22/01/2011 04:50:26
PARABENS AOS POLICIAIS MILITARES, POIS IR COMPRAR REFRIGERANTE A ESTA HORA NESTE LUGAR, "ISSO É CONVERSINHA'' DESEJO QUE A POLICIA CONTINUE SEMPRE ASSIM PROTEGENDO O CIDADÃO DE BEM!!!
 
Paulo Recalde em 22/01/2011 02:52:03
Parabens Policia Militar....................................Na hora do aperto todos se lembram da gente. Não podemos nos deixar intimidar por esses bandos. Podem falar o que quiserem, mas somos nós que protejemos os cidadãos de bem.
 
Fabio Pompeu em 22/01/2011 02:48:11
LEVANDO EM CONTA A HORA E O LOCAL QUE ACONTECEU O INCIDENTE,QUALQUER MORADOR DESSA REGIÃO SABE QUE VIROU UM JOGO DE CORRE-CORRE ,ENTRE A POLICIA E O PESSOAL QUE GOSTA DE AMANHECER NOS POSTOS DE GASOLINA E CONVENIÊNCIAS TOMANDO CACHAÇA E DISPUTANDO RACHA DE SOM.....COM CERTEZA A VIZINHANÇA DO "JARRÃO" AGRADECE A AÇÃO DA POLICIA !!
 
JULIO CEZAR em 22/01/2011 02:13:33
Cade a corregedoria!!!! Estes ditadores disfarçados de policiais militares, estou afrontando nossa Constituição Federal em especial no seu Artigo 5°, de forma integral, fora as demais legislações pertinentes ao caso em tela... Precismos de punições severes a essas supostas autoridades policiais que na verdade são ditadores policiais... Cabe salientar que graças a Deus temos dentro do quadro da Corporação muitos homens honrados e de bons costumes.... CORREGEDORIA NELES!!!!!!
 
Clayton Oliveira em 22/01/2011 01:44:42
Tá bom foi comprar refrigerante....a gente acredita.

Todos estão cansados de saber o q acontece nesta conveniência na madrugada, os moradores estão reféns desta situação.

Outros pontos de campo grande precisam que a polícia atue também.

parabéns a polícia.
 
Luiz Pedrosa em 21/01/2011 11:16:40
Pois eh, a varios meses a policia anda fazendo abordagens deste tipo pelas ruas da cidade, chegam correndo com sirene ligada e armas em punho intimidando todo mundo como se fossemos bandidos. Sr. Secretario os bandidos nao ficam em conveniencias bebendo ou comprando bebidas a noite, eles ficam roubando, assaltando e sequestrando. Em outra noticia neste mesmo site foi dito que a vila Nhanha nao pode ser patrulhada por falta de homens e viaturas, mas para intimidar pessoas a noite nas conveniencias e postos de gasolina sobram viaturas e homens. A populacao tem que comecar a denunciar esses abusos. . .
 
Joao da Silva em 21/01/2011 09:13:41
esse empresário tava comprando refrigerante 1 e meia da manhã? o sede desgraçada! no mínimo extranha essa versão, além do superfaturamento no vidro do carro. alguém acredita que ele tava comprando refrigerante essa hora?
 
carlos andrade em 21/01/2011 08:44:21
Mais uma vez a populaçao e vitima de policiais corruptos e despreparados, prender bandido quando deve eles nao prendem o que gostam mesmo de fazer e intimidar as pessoas que estao em seu momento de lazer.

Ate quando seremos vitimas de policiais desse tipo, nao sao todos mais poucos que tem estragam a imagem da corporaçao que existe para cuidar e proteger a populaçao.
 
Leandro Amaral em 21/01/2011 08:31:13
Ah tá que 1h30 da madrugada ele saiu de casa pra ir lá só pra comprar refrigerantes. Lugar bom não deve ser.
 
Henrique César em 21/01/2011 08:18:35
Todo final de semana é a mesma ladainha, trabalho próximo a esta conveniência é uma bagunça só, este negócio de que este cidadão foi a conveniência apenas comprar algo é conversa fiada, muitos ali vão só pra encher a cara de cachaça, a polícia esta é certa tem que reprimir mesmo se não for por bem tem que ser com o uso da força.
Depois que enchem a cara aí vão dar trabalho é para os bombeiros.
 
cezar soares em 21/01/2011 08:03:41
para ter sido utilizado bomba de efeito moral e balas de borracha, a coisa lá na conveniencia deve ter sido 'feia'.... cabe apuração sim, mas esse ''empresário'' pode estar omitindo partes reais da historia.
 
Lucas Phelipe em 21/01/2011 07:35:35
Ainda bem que alguma coisa foi feita, porque nessa conveniência ultimamente é só bacharia, mas qto ao caso do "empresário" acho abuso de poder.
 
ALINE AQUINO em 21/01/2011 07:26:15
essa conveniencia deveria ser fechada isso, parabens para a policia
 
joao pereira em 21/01/2011 07:08:26
Gostaria de estar no lugar do empresário, eu Coronel das FORÇAS ARMADAS, e minha Senhora "Magistrada", para ver se esses Marginais fardados não sairiam de minha residência, os 15 algemados e debaixo de lenha, ainda faria os mesmos irem marchando de maozinha dada até o Palacio Tiradentes, engraçado, esses eventos não acontecem comigo, mais sim com a população de baixa renda, o trabalhador, haja vista que este caso vou acompanhar pessoalmente, e quero estar frente a frente com os envolvidos para ensina los como deve se portar um MILITAR de verdade, esses vão pedir para sair!!!
 
Gustavo Cesar C. Gonçalves em 21/01/2011 07:05:19
neste dia eu estava comendo lanche no outro lado da rua via a cena da policia, dando tiro para o alto e em direçoes dos transeuntes, não revistaram ninguém, só fizeram intimidação é de uma extrema arrogância o comportamentos dos policiais muitas pessoas que estavam por ali estava abastecendo outros comendo lanche ao lado que tem várias lanchonete, o coitado ficou no prejuízo e para receber com certeza nao irá ser fácil onde está a corregedoria, as promotorias em defesa dos cidadãos porque que eles não acabam com a mini cracolândia na rua luiz lousinha no nhanhá passa lá às 2:00 da matina
 
kaue ouere em 21/01/2011 07:03:51
Esta batida policial ocorre todas as noites, desde primeiro de janeiro e nós, moradores da Cophamate, agradecemos aos policiais pelas providências que tomam. Estamos há vinte dias sem dormir, por conta de quatro carros de som que funcionam no último volume, numa afronta aos nossos direitos. Não estamos aqui, julgando o que ocorreu ao empresário. Estamos aproveitando o espaço para pedir às autoridades uma solução que nos permita o retorno à paz noturna. Mais de quarenta e-mails em nome do bairro já foram encaminhados a todos os órgãos que poderiam resolver o problema. Quando amanhece o dia, há copos enormes de plástico que voam pelas redondezas, calçadas onde pessoas urinaram por toda a noite. Imagine uma polícia que já chegou a vir três vezes por noite ao local e quando ela se vai tudo retorna: baile funk ao som de músicas pornográficas, casais fazendo sexo dentro e fora de carros, gente urinando por todo o lado. Campo Grande é uma cidade sem lei? Nós, moradores, queremos uma solução antes que mais notícias venham à tona, como por exemplo acidentes, pois após meia-noite há rachas, motos fazendo zerinho, motos empinando na roda traseira e quando amanhece o dia, pessoas embriagadas saem dirigindo como loucas. O bairro Cophamate pede socorro!!!
 
marinelia martins matos em 21/01/2011 06:53:52
O mal policial( eu disse o mal porque existe o bom) só agride o cidadão de bem, que paga seus impostos e trabalha honestamente.
Queria ver esse ''mal'' policial atuando no combate ao crime organizado, atuando nas bocas de fumo por ai....outra coisa observamos viaturas paradas em frente de bares e boates passando o tempo em vez de estar cumprindo com o serviço!

revoltante!
 
rafael cardoso em 21/01/2011 06:51:02
Quem mora nas imediações desse tal Jarrão conhece o problema que esse estabelecimento causa. Trafico de drogas, som alto ateh às 07 a manha, bombas, brigas, armas, etc. Ja vi viaturas da PM serem desrrespeitadas no local quando chegam sozinhas. Ninguém vai la só pra comprar refrigerantes, porque quem ve aquilo fica com medo e nem passa perto. Aquela conveniencia deve ser fechada!
 
Mario R. Silva em 21/01/2011 06:27:58
mas que coisa feia .,.,.,., nossa policia aqui do ms nao e assim nao deve ter alguma coisa errada . queremos saber ? eu sou um que peço para policia ser rigida com os bandidos .,.,.,
 
milton miguel em 21/01/2011 06:04:45
Se não se extirpar o podre da fruta, todo o pomar poderá se contaminar.Sempre houve e sempre haverá bandidos travestidos de Policiais Militares.A corporação deve deixar de lado o corporativismo para maus e despreparados policiais como esses aí e manda-los de volta a academia e aprender a lidar com o cidadão de bem.Que truculência e essa! Dizia um coronel: "Pm é igual cachorro; voce ensina ele somente a obedecer! se vc diz: Pega!!! ele tem que sair correndo e pegar!" Poucos são os PMs que trabalham com profissionalismo! O 190 só enrolou o cidadão! Os PMs que atacaram o cidadão devem ser novatos,uns meninos querendo se aparecer, ou são veteranos e estariam bebados...só pode!
 
jorge neves-CG em 21/01/2011 06:00:32
Com certeza atitudes como essa desses policiais nao podem e nao devem ficar sem uma punição. As abordagens devem ser feitas de maneira que os civis nao critiquem o trabalho da policia e nao dessa forma brutal como aconteceu e acontece devez em quando. Na Corregedoria existem outros casos de abuso de poder por conta de policiais "estressados". É parar e refletir a conduta dos maus, e parabenizar a conduta dos que levam a serio o SER POLICIAL.
 
neire glaucia em 21/01/2011 05:52:48
Parabens pela coragem!!!! Chega desses abusos por parte de policiais.!!!! Já não basta os bandidos intimidando a população, agora os policiais que deveriam PROTEGER ficam de palhaçada!!!! Inadmissível isso, que a corregedoria tomem as devidas providências!!!!!

Chega de ser o país da impunidadee!!!!!!!!!
 
Andrea Burque em 21/01/2011 05:36:44
É parece que tem certos policiais que são piores que os bandidos!!!
Que Deus nos salve desses tipos de "Policiais" e dos 'bandidos' também!!!
 
Ewerton Tabosa em 21/01/2011 05:35:35
Até hoje não vi os frequentadores de locais onde o alcoól é a maior atração, reconhecer que alterado pelo consumo excessivo de bebida, ficam valentes, amigos de pessoas influentes que, segundo os alterados, vão tomar providencias no sentido de expulsar os policiais da farda. Tomo refrigerantes e nem por isso vou de madrugada, candidamente, comprar numa conveniencia. E se bem me lembro na semada passada, ali proximo uma mulher levou uma garrafada na cabeça, depois de uma briga generalizada. E , um casal foi detido, acusado de desacato e desobediencia. Nunca nos esqueçamos, que a policia militar é o último obstáculo entre a baderna e a necessidade de pessoas de bem de dormir em paz dentro de suas casas, para sair logo de manhã para mais um dia de trabalho. Isso, sem sair de madrugada para comprar: Refrigerantes....
 
ORLANDO pAES DE mATTOS em 21/01/2011 05:31:56
-a ação da policia e certa,esses jovem que não tem o que fazer fica acordado altas horas da noite com som ligado pertubando a paz o sono de quem tem que acordar cedo para trabalhara policia chega eles abaixa o som ,a policia vira as costas eles eles aumenta o som de novo no ultimo e ficam tirando saro da policia,continui assim policiais que com certeza quem e direito e trabalhador está do lado de vcs ...parabens policiais e que deus abençõe vcs nesse trabalho dificil ...
 
marcos f moreira em 21/01/2011 05:20:51
Estou duvidando muito que o empresário seja ressarcido da humilhação psicológica e dos prejuizos materiais e morais. Afinal tanta pressão,... apenas com pessoas de bem, Quero ver eles chegarem assim nos bandidos. Cadê a coragem pra enfrentar os bandidos? Duvido se fossem bandidos que estivessem lá eles chegariam assim como conta a vítima. Eles chegariam pedindo permissão para estacionarem as viaturas, para desembarcarem das viaturas, e principalmente o "por favor" para poderem efetuar a revista de praxe. Afinal a justiça teme aos bandidos senão não teriam eles (os bandidos) tanta regalia!
 
Eduardo Borg Almada em 21/01/2011 05:16:05
Ir a uma conveniência uma da matina comprar refrigerante? todo mundo é livre para fazer o que bem entende a qualquer hora, mas é estranho é difícil de engolir. Agora o batidão é assim mesmo, os policiais ás vezes, ou seja nestas horas, intimidam mesmo; não sei se a falta de educação faz parte do treinamento de intimidação, mas é chato para quem não está acostumado com este tipo de coisa, já fui parado eu e minha família na estrada por policiais mal-educados para pedir documentos e nem tchau eles falam e ainda são extremamente grossos, parece que todo mundo é bandido e eles os santinhos. Confundem autoridade com falta de educação e dá nisto daí, quero ver na hora que pegar um camarada bom de troco que processar eles daí quero ver.
 
Jorge Antônio Dias em 21/01/2011 05:06:00
Esse empresario , sai de casa as 1.30 da madrugada para comprar refrigerante, será que na casa dele nao tinha nem um suco , tang , mid , será refrigerante mesmo que ele iria comprar, eu ele iria ficar em frente tomando uma cerveginha e ligar o som no ultimo como acontece em frente dessas conveniencia e posto de gasolina que eu acho um absurdo as autoridades permitir que esses donos desses estabelecimentos fiquem abertos ate altas horas da madrugada vendendo bebidas alcolicas a esses motoristas inrresponssaveis que ficam fazendo racha nas ruas , matando pessoas inocentes que as vezes estão de saida para o serviço ou retorno, acordem senhores veradores !!! vamos fazer uma lei municipal para acabar com isso, claro se os senhores nao forem os donos desses postos ou conveniencia tambem ..
 
jose vieira em 21/01/2011 04:56:36
Alguem ja ouviu falar em FACISMO??? Acordem!!! Cada dia que passa ouço mais historias absurdas sobre nossos "senhores da lei". Afinal, que governo é esse? Que país é esse? Que população submissa é essa???
 
Thiego Pacheco em 21/01/2011 04:48:44
Uma vez que o agente de uniforme não é mais uma pessoa e sim o O Estado, classifico isso no mínimo como vergonhoso (claro, sinto isso porque tenho honra).
 
Gabriel Ramos em 21/01/2011 04:46:39
Isso mesmo. A polícia está certíssima em fazer este tipo de abordagem. Moro perto dessa conveniência e sei o que os moradores estão passando com estes vagabundos que não tem o que fazer durante a noite. Todos os dias é uma anarquia, bagunça, barulho, som automotivo muito alto, gritarias, bebâdos, etc... Gostaria que o Campo Grande News fizesse uma matéria pra averiguar o quanto nós ficamos sem dormir. A vizinhança inteira está revoltada com este tipo de situação!!!
 
Douglas de Oliveira Lopes em 21/01/2011 04:36:41
É lamentavel ler uma noticia dessa magnitude, ainda mais endereçado em Campo Grande, é deploravel que nossos policias, a qual os honorarios, saem do bolso de cada cidadao sul-matogrossense e ainda ser vitima da violencia destes, esse comportamento nao deve ser reproduzido em nosso Estado, ou melhor, em lugar algum, pois policias sao contratados e pagos para proteger pessoas e nao para humilha-las...
Caro colegas dessa vez dou NOTA ZERO a voces....
 
Lucas Natalicio... em 21/01/2011 04:29:10
REALMENTE, QUANDO LIGAMOS NO 190 PARA RECLAMAR DE SOM ALTO OS POLÍCIAIS FICAM FAZENDO CHACOTA, NOS CHAMANDO DE "GUERREIRO" OU "GUERREIRA". ISSO É INADMISSÍVEL!
 
KARINA LOPES em 21/01/2011 04:19:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions