ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  08    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Escrivã testa para covid e delegacia suspende atendimento

Objetivo é desinfectar local e testar todos os funcionários. Defurv e 7ª DP também estão fechadas nesta sexta-feira

Por Izabela Sanchez | 03/07/2020 08:13
Prédio da Depac Cepol no bairro Tiradentes nesta sexta-feira (3) (Foto: Kisie Ainoã)
Prédio da Depac Cepol no bairro Tiradentes nesta sexta-feira (3) (Foto: Kisie Ainoã)

A Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, no Bairro Tiradentes, fecha as portas a partir desta sexta-feira (3) após confirmação de caso positivo de covid-19 de uma servidora. O prédio onde funciona a delegacia que registra boletins de toda a região de entorno passará por desinfecção.

Conforme apurou o Campo Grande News, apenas o prédio da Depac fica fechado, ou seja, delegacias que funcionam no complexo da Cepol, como a especializada em crimes da infância e juventude e a de homicídios, seguem funcionando.

A Depac Cepol é localizada Rua Soldado PM Reinaldo de Andrade, mas quem precisar registrar boletins de ocorrência deve procurar a Depac Centro, na Rua Padre João Crippa.

Conforme levantou a reportagem, uma escrivã da Depac Cepol foi diagnosticada com covid-19. Ela está com quadro de saúde estável e realiza quarentena em casa.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Marcelo Vargas, ainda não há data confirmada para o retorno das atividades. Ele informou que todos os funcionários serão testados e só depois dos resultados irá confirmar nova data.

Outras delegacias – Além da Depac Cepol, os prédios da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos), na Vila Ipiranga, e da 7ª DP (Delegacia de Polícia), no Jardim Panamá, também estarão fechados à partir desta sexta-feira (3).

As delegacias voltam a funcionar na segunda-feira (6), conforme nota divulgada pela Polícia Civil. A nota afirma que o motivo é “dedetização e outros serviços de limpeza e manutenção”, mas conforme apurou o Campo Grande News, houve um caso suspeito de covid-19 entre os funcionários da Defurv.

A reportagem levantou que se trata de um investigador. Ele está afastado e, por prevenção, foi providenciada a descontaminação. O resultado do teste deu negativo.

(Matéria atualizada às 15h para atualizar informação)