A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

29/09/2016 11:34

Espaço para anúncios grátis, internet também é fonte de vítimas a bandidos

Luana Rodrigues
Erlon Bernal morreu ao cair em uma emboscada, após anunciar venda de carro na internet. (Foto: Reprodução/ Facebook)Erlon Bernal morreu ao cair em uma emboscada, após anunciar venda de carro na internet. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Pouca gente lembra, mas foi um anúncio em um site de classificados na internet que resultou na morte de Erlon Peterson Pereira Bernal, 32 anos, em 2014. O caso chocou a população de Campo Grande, já que o empresário foi enterrado vivo em uma fossa de 4,5 metros de profundidade, no bairro São Jorge da Lagoa, na Capital. O crime ocorreu depois de a vítima cair em uma emboscada, ao tentar vender o carro por meio de um site de classificados.

Acessíveis e baratos, os anúncios por meio de páginas das redes sociais e até sites de venda têm se tornado estratégias de comerciantes e qualquer um que queira vender um que queira divulgar a venda de um produto de maneira rápida e barata. O que muita gente não sabe é que, além de vitrine para produtos, a internet é fonte de informações para criminosos, que também aproveitam os anúncios para atrair e contatar vítimas.

De acordo com o delegado da Derf (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos) da Capital, Ivahir Luiz Campos, a estratégia não é comum ao ponto de a polícia acreditar que exista uma quadrilha especializada na cidade, mas tem sido usada por muitos criminosos. “As vítimas fornecessem muitas informações e também acreditam no que a pessoa que nunca viram pessoalmente está dizendo, isso ajuda os criminosos”, explicou.

Na noite de ontem (28), um vendedor de joias levou um prejuízo de R$ 10 mil ao combinar de mostrar alianças a um casal, que o contatou pelo site OLX. Os criminosos marcaram na casa da vítima. No local, armados eles anunciaram o assalto e levaram o mostruário com todas as joias do vendedor, além de objetos da casa dele.

Uma dica de segurança do delegado é que o usuário destas páginas tome cuidado com as informações que fornece ali. Colocar endereço ou dados pessoas pode ser perigoso. "É atrás disso que os bandidos estão, dados. Eles ficam monitorando possíveis vítimas e assimq eu conseguem uma brecha, partem para o crime", explicou.

Além disso, o delegado orienta que é preciso ficar atento aos locais marcados para fechar o negócio. “Marcar encontro em casa, ou para ir sozinho a um lugar desconhecido não pode. O melhor mesmo é marcar de pegar ou levar o produto em um lugar público”, disse Campos.

Investigação - Como o cadastro dos usuários nesses sites de classificados é restrito, o delegado da Derf afirma que a investigação de crimes a partir deles se torna complicada.

“Ficamos sem referência de quem pode ser o bandido, já que ele se passou por outra pessoa para cometer o crime. As informações ficam confusas, mas é uma investigação de roubo como qualquer outra”, disse.

A orientação, neste caso, é que a vítima fique atenta ao máximo de detalhes de características dos bandidos, para que assim colabore com a polícia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions