ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Está em home office e não entende de tecnologia? Aulas gratuitas podem ajudar

As primeiras vídeo-aulas ensinam como manusear o Skype e fazer uma chamada de vídeo

Por Tainá Jara | 10/07/2020 14:14
Aulas também vão ensinar a participar de videoconferências (Foto: Divulgação/PMCG)
Aulas também vão ensinar a participar de videoconferências (Foto: Divulgação/PMCG)

Para auxiliar os trabalhadores que foram obrigados a transferir o escritório para casa, durante a pandemia do novo coronavírus, a Agetec (Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação) oferece videoaulas para auxiliar os que ainda não são familiarizados com os programas de comunicação on-line.

O material on-line é disponibilizado pela secretaria com conteúdos diversos da área de tecnologia. Um dos primeiros assuntos tratados na “Tech Aula” diz respeito a uma ferramenta muito utilizada para trabalhar em casa, o Skype. O objetivo é auxiliar de forma didática e simples qualquer cidadão que queira começar a utilizar o aplicativo.

As primeiras aulas terão conteúdos voltados para a população e servidores públicos, com dicas sobre como utilizar as ferramentas tecnológicas mais comuns hoje em dia. As aulas online abrangerão os mais diversos temas, tal como sobre como participar de reuniões online, realizar apresentações, participar de eventos virtuais ou até mesmo receber orientações sobre o correto descarte de resíduos eletrônicos.

Uma das grandes alterações comportamentais diz respeito às novas rotinas oriundas das restrições de convívio impostas pelas novas medidas de prevenção da covid-19. Como um acelerador de futuro, a pandemia nos obrigou a antecipar mudanças que já estavam acontecendo, porém que agora fazem parte do nosso dia a dia como o trabalho remoto e a educação à distância.

Para assistir os vídeos da “Tech Aula”, acesse a página oficial da agência de tecnologia municipal no endereço www.campogrande.ms.gov.br/agetec e clique no ícone “Agetec Play”.

Pouco isolamento – Devido ao baixo índice de isolamento social em Campo Grande, menos de 40% enquanto o recomendado é 70%, houve disparo de casos de coronavírus na Capital. De acordo com o novo boletim epidemiológico, há 4.070 casos confirmados de covid-19, sendo 29 óbitos.