A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/12/2015 12:16

Estelionatários se passavam por compradores para aplicar golpe na OLX

Luana Rodrigues
Polícia recuperou duas correntes de ouro e um celular. (Foto: Divulgação)Polícia recuperou duas correntes de ouro e um celular. (Foto: Divulgação)
João Fernando Siqueira de 25 anos, confessou o crime e disse que obedecia ordens de um criminoso preso em um presídio do Mato Grosso. (Foto: Divulgação)João Fernando Siqueira de 25 anos, confessou o crime e disse que obedecia ordens de um criminoso preso em um presídio do Mato Grosso. (Foto: Divulgação)

Três pessoas de Campo Grande foram vítimas de estelionatários que se passavam por compradores, para roubar objetos vendidos pelo site de classificados OLX. Um dos bandidos envolvidos no golpe foi detido pela polícia ontem(07). João Fernando Siqueira de 25 anos, confessou o crime e disse que obedecia ordens de um criminoso preso em um presídio do Mato Grosso.

Conforme informações da Polícia Civil, uma das vítimas de 46 anos registrou um boletim de ocorrência depois de desconfiar de um homem que se mostrou interessado em comprar uma corrente de ouro de 42,5 gramas, que ele estava anunciando no site OLX.

A vítima contou que recebeu uma ligação de um telefone do Mato Grosso, em que um homem se dizia fazendeiro e estava interessado em comprar a corrente, avaliada em R$ 6,5 mil. Os dois teriam acertado o valor e o homem se comprometeu a fazer uma transferência bancaria (DOC). Pouco tempo depois, o suposto fazendeiro enviou uma foto comprovante do depósito para a vítima, pelo Whatsapp.

O homem desconfiou da transação e decidiu denunciar o caso a 7ª Delegacia de Polícia Civil. Na delegacia, os policiais orientaram a vítima a manter o acordo e ir até o local combinado para entregar a corrente.

Os policiais acompanharam a vítima e em conversa com João Fernando, ele acabou confessando que a ação se tratava de um golpe. O estelionatário contou ainda que havia aplicado o golpe em outras duas vítima, em que foram roubados um celular e um corrente de ouro avaliada em R$ 4 mil. Os objetos foram recuperados pela polícia e entregues aos proprietários.

João Fernando também contou aos policiais que era responsável apenas por pegar os objetos e contava com o apoio de outro bandido, que fazia as ligações. A polícia apura a identificação do homem, mas já sabe que ele está preso em uma penitenciária do Mato Grosso.

Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions