A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

08/10/2019 18:01

Mulher que vivia em casa tomada pelo lixo é presa no Vilas Boas

Condições encontradas no imóvel tornaram o ambiente propício para a proliferação de animais, como baratas, mosquitos e escorpiões

Liniker Ribeiro
Agentes trabalhando na limpeza do imóvel vistoriado na manhã desta terça-feira (Foto: Divulgação/PMCG)Agentes trabalhando na limpeza do imóvel vistoriado na manhã desta terça-feira (Foto: Divulgação/PMCG)

Operação da Polícia Civil, em parceria com a prefeitura da Capital, acabou na prisão de uma mulher, de 67 anos, moradora do bairro Vilas Boas, na manhã desta terça-feira (8). No local, região nobre da cidade, equipes encontraram o imóvel em condições higiênicas precárias, apresentando alto risco sanitário.

A ação reuniu equipes da Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista) e da Coordenadoria de Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde.

Conforme a Sedau, as condições encontradas no imóvel tornaram o ambiente propício para a proliferação de animais como baratas, mosquitos, morcegos, escorpiões entre outros.

Agentes do serviço de Manejo Ambiental da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais e trabalhadores do Proinc auxiliaram no recolhimento de materiais inservíveis, como latas e garrafas, além de matéria orgânica. O material recolhido foi suficiente para lotar um caminhão baú.

Equipes de saúde do Caps (Centro de Atenção Psicossocial) Margarida e da UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Carlota também estiveram acompanhando a ação. A suspeita, segundo a Sesau, é de que a moradora, de origem estrangeira, sofra de algum transtorno psiquiátrico, com recusa constante ao auxilio e assistência das equipes de saúde.

A mulher foi encaminhada à delegacia para prestar esclarecimento e assinar os termos de autuação inerentes à ocorrência. Conforme informações da coordenadoria, a moradora já responde processo por maus tratos a animais e crime ambiental, além da manutenção de imóvel em condições insalubres e de depósitos potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika e chikungunya.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions