ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 20º

Capital

Estudante envolvido em acidente com morte da namorada recebe alta da Santa Casa

Ricardo França Junior, de 24 anos, dirigia veículo que capotou no sábado provocando a morte de Bárbara, namorada dele

Por Marta Ferreira | 13/07/2020 08:50
Ricardo França Junior ficou na Santa Casa de sábado até esta manhã, depois do acidente. (Foto: Reprodução das Redes Sociais)
Ricardo França Junior ficou na Santa Casa de sábado até esta manhã, depois do acidente. (Foto: Reprodução das Redes Sociais)

O estudante Ricardo França Junior, 24 anos, recebeu alta na manhã desta segunda-feira (13) da Santa Casa de Campo Grande, onde estava preso sob escolta, desde acidente automobilístico ocorrido no sábado à noite, no Bairro Cabreúva.

 A namorada dele, a também universitária Bárbara Wsttany Amorim Moreira, 21 anos, morreu no lugar.

Ricardo ainda não prestou depoimento sobre o que aconteceu.  Quando a Polícia Civil tentou, ele estava desacordado no hospital, porém não teve ferimentos graves. Ficou na ala "verde", para pacientes sem gravidade e nesta manhã foi liberado.

O auto de prisão informa que ele  estava alcoolizado, desrespeitou o sinal de pare em um cruzamento da Rua 11 de Outubro com a Santos Dumont e também estava em alta velocidade.

O veículo onde o casal trafegava, um Peugeot 207, capotou depois de aparentemente o motorista perder o controle de direção, e atingiu o muro de uma casa.  A estudante foi arremessada, indicando estar sem cinto de segurança, e morreu na hora.

Ricardo, em vídeo obtido pela reportagem, chega a descer do carro e correr até o local onde está o corpo.

Bárbara morreu no local do acidente. (Foto: Reprodução das Redes Sociais)
Bárbara morreu no local do acidente. (Foto: Reprodução das Redes Sociais)

Doloso -  o delegado responsável pelo caso, Antônio Ribas, enquadrou o caso em homicídio com dolo eventual. Para ele, o motorista assumiu o risco de produzir o resultado trágico no acidente, a morte da namorada.

Segundo a reportagem apurou, Ricardo passará por audiência de custódia nesta manhã, quando o juiz   de plantão, Albino Coimbra Neto, vai decidir se mantém o flagrante, ou seja, se o rapaz continua preso.

O advogado dele, João Ricardo Batista de Oliveira, foi procurado pelo Campo Grande e disse preferir aguardar o resultado da audiência de custódia para se manifestar.

Barbara foi sepultada ontem à tarde, no cemitério Jardim das Palmeiras.