A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019

23/10/2019 15:35

Ex-médico condenado por mutilações é levado para o Centro de Triagem

Alberto Jorge Rondon de Oliveira chegou ao local pouco antes das 15h30, em uma viatura da Polícia Civil

Liniker Ribeiro e Geisy Garnes
De camisa xadrez e óculos, Rondon chegou ao Centro de Triagem em uma viatura da Polícia Civil (Foto: Paulo Francis) De camisa xadrez e óculos, Rondon chegou ao Centro de Triagem em uma viatura da Polícia Civil (Foto: Paulo Francis)

Já está no Centro de Triagem Anízio Lima, no Jardim Noroeste, em Campo Grande, Alberto Jorge Rondon de Oliveira, de 63 anos. O ex-médico, condenado a 13 anos e 6 meses de prisão por lesão corporal a dezenas de pacientes mutiladas em cirurgias plásticas mal sucedidas, foi preso no início da tarde desta quarta-feira (23).

Rondon chegou ao Centro de Triagem pouco antes das 15h30, em uma viatura da Polícia Civil. Antes disso, ele foi levado a Polinter (Sistema de Polícia Interestadual) e também esteve no Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal). O ex-médico ocupará a famosa cela 17, onde também se encontra o ex-deputado federal, Edson Giroto, preso em maio de 2018.

O cumprimento do mandado de prisão expedido pela Justiça de Mato Grosso do Sul aconteceu um dia após decisão do titular da 1ª Vara de Execução Penal, Mário José Esbalqueiro. Conforme a Polícia Civil, o ex-médico estava em uma residência na Rua 13 de Junho, no Bairro Monte Castelo.

O advogado Fabio Trad Filho, que entrou com pedido de prisão domiciliar para Alberto Rondon, afirmou ao Campo Grande News que já entrou com novo recurso no Tribunal de Justiça, pedindo a liberdade do cliente.

Saúde – Ainda conforme o advogado, Rondon chegou a passar mal quando soube da ordem de prisão, nesta terça-feira, e veio de Bonito para Campo Grande consultar-se com o médico particular. Ele estava, de acordo com o defensor, na casa da filha, onde foi preso.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions