A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

10/03/2013 21:32

Fechamento da escola Oliva Enciso é tema de audiência na Câmara

Helton Verão

O fechamento da Escola CNEC (Companhia Nacional das Escolas da Comunidade) Oliva Enciso em dezembro de 2012 será tema de audiência pública, nessa segunda-feira (11), na Câmara Municipal da Capital.

O fechamento e a venda do prédio para o Sesc, não foi comunicado a alunos, pais e professores. Após o fechamento os país se mobilizaram em duas reuniões. Encaminharam denúncia ao Ministério Público Estadual e ao Ministério Público do Trabalho.

Ambos investigam a situação, mas consideraram que a forma de fechamento determinado pelo CNEC Nacional causou prejuízos a comunidade, negligenciou o Estatuto do Consumidor e desrespeitou á legislação trabalhista, sendo 50 funcionários demitidos sem nenhuma negociação prévia com o sindicato da categoria.

Pelo fato da área ser doação e se encontrar em área comercial na Av. Afonso Pena, esquina com a rua 25 de Dezembro, a Comissão representativa dos País e Amigos da Escola Oliva Enciso, estuda a possibilidade de pedir a revogação da doação por parte da Prefeitura de Campo Grande.

Além do Terreno, um sobrado de dois andares foi construídos com doação da Fundação Banco do Brasil e o bloco mais antigo com recursos da Prefeitura de Campo Grande e do Governo do Estado. A proposta será avaliada amanhã na Audiência Pública.

Outra alternativa encaminhada pela Comissão de País e Amigos era o tombamento do prédio como patrimônio histórico, alternativa descartada pela Secretaria de Cultura de Campo Grande pelo prédio não preencher os requisitos necessários.

A intenção da Comissão, caso seja revertida a comercialização, é retomar as atividades da Escola Oliva Enciso no próximo ano, numa de forma de gestão cooperativada.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


É bom investigar os motivos do fechamento, principalmente se o prédio foi ou será vendido para o SESC. Vamos puxar pela nossa memória: No passado o SESC acabou comprando a sede da UCE - União Campograndense de Estudantes, numa negociata que envolveu a diretoria da UCE e a Prefeitura Municipal de Campo Grande. A sede da UCE tinha Ginásio de esporte coberto e piscinas e por causa de uma pequena dívida com impostos, foi vendida rapidamente, a diretoria sumiu com a grana e fugiu da cidade e o SESC fez a festa. Agora mais um prédio que por coincidência fica ao lado do SESC está sendo furtivamente negociado e com isso prejudicando a população. Que tal investigar todas as negociatas envolvendo o SESC? A sede da UCE, o terreno do Horto Florestal e agora o prédio do CNEC. MP, Vereadores cadê vocês?
 
Jair de Oliveira em 11/03/2013 07:17:08
Prefeitura de Campo Grande visando lucros e pouco se importando com alunos e professores, nem ao menos um aviso prévio foi dado. Mais uma prova que a educação Nossa Própria Cidade vem sendo tratado com descaso. Não tenho filhos ainda e pretendo ter imagino que como será a educação para eles se invés de investir em educação nosso prefeito ta vendendo nossas escolas.
 
Crystofer Adriano Brites de Almeida em 10/03/2013 23:34:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions