ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Fim da obra do corredor de ônibus na Rui Barbosa é adiado para dezembro

Principal motivo do atraso foi o cuidado com o comércio do Centro, segundo a Prefeitura de Campo Grande

Caroline Maldonado | 09/09/2022 10:38
Obras em estação de embarque do corredor de ônibus da Rua Rui Barbosa, no Centro da Capital (Foto: Marcos Maluf)
Obras em estação de embarque do corredor de ônibus da Rua Rui Barbosa, no Centro da Capital (Foto: Marcos Maluf)

Iniciada em junho de 2021, a obra do corredor de ônibus da Rua Rui Barbosa, que deveria terminar no fim de agosto, deve se estender até dezembro. A Prefeitura de Campo Grande informou que alguns fatores acabaram atrasando os serviços, mas o principal foi "o cuidado com o comércio local do Centro".

Inicialmente o custo da obra era de R$ 20,6 milhões. Com um aditivo de 7,9 milhões, o valor total ficou em R$ 28,6 milhões. O contrato com a empreiteira responsável, Engepar Engenharia e Participações, foi estendido para o dia 19 de dezembro deste ano.

“Sendo um local de grande interesse econômico, foi necessária uma abordagem mais cautelosa para mitigação dos impactos. Houve acréscimo de quantidades e novos itens na planilha de orçamento para atendimento de situações não previstas envolvendo principalmente os serviços de drenagem, pavimentação e calçada”, explicou a prefeitura em nota ao Campo Grande News.

Conforme a assessoria do projeto que engloba as obras do Centro, o Reviva Campo Grande, o deslocamento dos postes que suportam a rede de energia elétrica, de responsabilidade da concessionária de energia, também interferiu no prazo de execução dos serviços. “O atraso nesta atividade precedente gerou atraso principalmente nos serviços relacionados à pavimentação”, esclarece a nota.

Serviços - A obra, que vai até dezembro, ocorre no trecho entre as Avenidas Fernando Corrêa da Costa e Rachid Neder. Além da drenagem, está sendo feito recapeamento, semaforização inteligente, acessibilidade, paisagismo, videomonitoramento, estações de embarque e desembarque.

Os pontos terão câmeras de monitoramento, acesso a wi-fi e iluminação inteligente para aumentar a claridade e garantir mais segurança aos usuários durante a espera.

Os passageiros poderão acessar o itinerário das viagens em tempo real, via QR-Code. Foram instalados sensores embaixo do asfalto que farão a comunicação do sistema com os veículos.

O trecho é considerado o principal corredor do transporte coletivo de Campo Grande, onde percorrem cerca de 3 ônibus por minuto, de 59 itinerários diferentes.

Todo o programa de revitalização da Rui Barbosa prevê 7 quilômetros da via, entre a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e a Avenida Rachid Neder.

Projeto do corredor de ônibus da Rua Rui Barbosa, no Centro de Campo Grande (Foto: Divulgaççao/PMCG)
Projeto do corredor de ônibus da Rua Rui Barbosa, no Centro de Campo Grande (Foto: Divulgaççao/PMCG)


Nos siga no Google Notícias