A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

01/02/2014 10:45

Flanelinhas voltam e motorista "foge" para estacionamento particular

Filipe Prado
Flanelinhas voltam a atuar no centro da cidade (Foto: Cleber Gellio)Flanelinhas voltam a atuar no centro da cidade (Foto: Cleber Gellio)

Os flanelinhas, como são conhecidos os guardadores de veículos, voltaram ao Centro de Campo Grande menos de 24 horas após serem liberados pela Polícia. E o retorno manteve o receio dos motoristas, que preferem estacionar os carros em estacionamento particulares. Eles afirmaram que muitos não tem boas intenções e acabam danificando os carros.

“Isso é uma faca de dois gumes”, comentou o gerente de vendas Gleison Martins, 35 anos. Muitos motoristas ficam inseguros em deixar os carros estacionados nas ruas do centro. “Muitos não são de confiança, muitos amigos meus tiveram o carro riscado por eles”, relatou Alex Queiroz, 30.

Com isso, muitos preferem parar em estacionamentos particulares, mesmo que o preço seja maior. “Eu estaciono aqui, pois há dois anos riscaram o meu carro, então toda vez que venho para Campo Grande, prefiro deixar aqui”, contou o produtor rural Adão Almeida, 43.

Outros motoristas confiam mais nos “flanelinhas”. “Tudo depende. A abordagem, o jeito da pessoa, do local, alguns podem ser de confiança, mas prefiro estacionar em lugares particulares”, comentou Denise Souza Oliveira, 31.
“Sempre vai existir os flanelinhas. Eu confio, pois nunca me fizeram mal”, afirmou o funcionário público José Alvez, 47.

No entanto, os flanelinhas garantem que não danificam os carros. Marcos Teodoro da Silva, 46, trabalha na Avenida Afonso Pena há 11 anos. “Todos me conhecem aqui, não obrigo ninguém a me dar dinheiro e não derrubo nenhuma moto”, relatou. Ele ainda contou que cobra para guardar as motos, pois “ninguém trabalha de graça”.

Um outro flanelinha, que não quis se identificar, 50, comentou que trabalha na área do camelódromo há dois anos e todos confiam em seu trabalho. Mas, ele admitiu que existem pessoas que “são mal intencionadas”.

Algumas pessoas dão algumas sugestões, para legalizar a prática dos “flanelinhas”. “Eu acho que a prefeitura deveria fazer um curso técnico ou algo assim, para que eles aprendam a profissão e façam certo”, comentou Gleison Martins.

Ele ainda disse que prefere não dar dinheiro para os guardadores, pois “muitos aplicam de maneira errada” ou alguns até danificam os carros. “Esses dias eu vi um maltratando um motorista, só porque não deu dinheiro para ele”.

Histórico - A polícia deflagrou a operação “Tolerância Zero”, no dia 27, que recolheu 18 flanelinhas do centro da Capital e depois retornará em pontos estratégicos para conversar com comerciantes e saber se os “cuidadores de carros” voltaram ao local, para ameaçar motoristas e danificar os veículos. O grupo foi proibido de cobrar para cuidar dos veículos onde existe parquímetro.

Para os próximos dias, a Polícia organiza uma nova operação, que ainda envolve a possível prisão de autores de depredações e danos a patrimônios públicos.

Com o apoio da Deops (Delegacia Especializada de Ordem Política e Social), 19 policiais participam da ação, no cruzamento das ruas Dom Aquino com a 13 de maio, 14 de julho e Calógeras, além dos mesmos cruzamentos uma rua acima, na Barão do Rio Branco e com a Cândido Mariano.

Marcos trabalha há 11 anos na Avenida Afonso Pena e garante que não danifica os veículos (Foto: Cleber Gellio)Marcos trabalha há 11 anos na Avenida Afonso Pena e garante que não danifica os veículos (Foto: Cleber Gellio)
Poucos motoristas confiam em deixar o veículo nas mãos dos flanelinhas (Foto: Cleber Gellio)Poucos motoristas confiam em deixar o veículo "nas mãos" dos flanelinhas (Foto: Cleber Gellio)


Pagar para os flanelinhas guardarem seu carro... Guardar, de quem afinal? Se VC não der grana, vão danifica- lo, se pagar, fica tudo bem, entao: pagamos para guardar deles mesmos, ou seja, tirando eles, o que resta são os TRABALHADORES! E trabalhar de verdade, capir um lote ninguém quer? Todo trabalho é digno, aí o sujeito diz que guarda carros ha 10 anos??? Me poupe!
 
Roseli Pereira em 02/02/2014 10:49:53
Aos policias favor dar uma passadinha nas novenas da Quarta fera no Santuário do Perpetuo Socorro, os flanelinhas estão brigando entre eles,para cuidar os carros e assim amedrontando as pessoas.Grato
 
Carlos Alberto ormay em 02/02/2014 09:25:23
Nunca fui forçado a pagar para eles geralmente dou oque tenho de moeda e é raro não ter moedas mas das vezes que não dei justifico falo que não tenho trocado e na próxima eu deixo uma gratificação não vejo problema pois nunca me fizeram mal.
 
Jhony Felipe em 02/02/2014 04:00:24
Esse prefeito só atrasa nossa cidade!!! Xô, vai pra lá lixo!!!
 
ADRIANA TORRACA em 02/02/2014 03:54:23
os vereadores deveriam parar de picuinha entre eles e criar uma lei que regulamente e defina um preço justo para o estacionamento em campo grande,esse tal de flexpark só ta enchendo o bolso de alguns,vc deixa seu carro na rua sem proteçao nem garantia de nada e ainda paga por isso.é só cabide para ganhar dinheiro, porque parar encontrar uma vaga no centro é mais difícil q ganhar na loteria,aqueles malas dos amarelinhos ficam escondidos atrás dos postes pra t dar uma multa de 50 e tantos reais se vc nao colocar o tal chaveirinho,vê se eles vão dá nojo na frente das escolas dos burgueses que estacionam em fila dupla e em cima das calçadas,é ruim hem.
 
mauro oliveira em 01/02/2014 22:39:50
Sempre estaciono no centro da cidade, na Dom Aquino e Calógeras com mais frequência, e nunca tive problemas com flanelinhas. Pr vezes não tinha trocado e não teve problema nenhum!! Querem criminalizar pessoas que já estão em situação difícil.
 
LUIZ CARLOS em 01/02/2014 21:31:58
A polícia não atende casos mais graves do que "flanelaço"; concordo com o Carlos Cruz. A propósito, será que a população notou a rapidez em solucionar o assassinato daquele policial?
 
Heraldo Marks em 01/02/2014 18:27:32
(O grupo foi proibido de cobrar para cuidar dos veículos onde existe parquímetro.) A policia só esta agindo onde existe parquímetro nos outros pontos da cidade onde existem os guardadores eles não estão nem aí, ou seja, não é proibida a pratica, é proibida a concorrência, quanto aos donos de veículos que precisam estacionar nas ruas da cidade porque os estacionamentos particulares cobram um absurdo, estes que se danem ou pagam o flanelinha ou pagam o prejuízo no carro depois.
 
Antonio Mazeica em 01/02/2014 17:08:55
Agente paga em torno de 43% do que recebemos em forma de imposto, Taxas, contribuições, e ainda tem que conviver com extorsão desses flanelinhas/flanelões, é revoltante! Cadê os políticos?????? detentores de mandatos, que não diz nada a respeito dessa situação.
 
Fernando Dias em 01/02/2014 15:33:09
E ainda tem gente que fala que isso é profissão! Acham que devia ser legalizada! Para mim isso é coisa de gente à toa que tem medo de trabalhar!
 
Claudimeire Vieira em 01/02/2014 14:38:23
Espera aí: o sujeito cobra para "guardar" a moto? Na rua??!!! A rua é PÚBLICA e não propriedade particular de flanelinha para ele guardar seja lá o que for! Isso é EXTORSÃO mediante AMEAÇA. Pode ser ameaça velada, mas é ameaça. Outra coisa: "puxa" a ficha desses sujeitos, ou estão com problemas ou já tiveram problemas com a Lei. Só isso já diz tudo! Solução para esse caso: processo e cadeia...
 
Adriano Roberto dos Santos em 01/02/2014 13:17:17
O PROBLEMA NÃO É DA POLÍCIA. O PROBLEMA NO BRASIL É O TA DOS DIREITOS HUMANOS, BANDO DE4 V... QUE DÃO PROTEÇÃO A BANDIDOS. E NÓS QUE PAGAMOS IMPOSTOS, FICAmos sem proteção, pois de a polícia prende um MARGINAL QUE LHE CHAMA DE DOUTOR E SE VC NÃO DER ALGUM ELE JOGA PEDRA, RISCA O SEU CARRO. E AÍ CHAMAR A POLÍCIA ? PRA QUE? ELA VAI PERDER TEMPO, VAI LÁ PRENDE O BANDIDO E LOGO DEPOIS TEM ADVOGADO DELES...BANDIDOS TIRANDO DE LÁ E VOLTANDO COM MAIS FORÇA. MAS EMPREGO PARA ESSES V... OS DIREITOAS HUMANOS NÃO DÃO. A CULPAÉ DA POLICIA? ACHO QUE NÃO. DO GOVERNO DO ESTADO, PREFEITURA? ACHO QUE NÃO . A CULPA É DE QUEM VOTA NESSES PARTIDOS QUE SÓ PESSAM EM BENESSES PARA BANDIDOS. A ELEIÇÃO VEM AÍ, VAMOS SE ESSES PV,PSC, SEI LÁ TEM TANTOS DEFENDENDO BANDIDO, MAS FIQUEM DE OLHO NO PESSOAL .
 
LOURENÇO CARVALHO em 01/02/2014 12:15:39
Vivemos atualmente num país sem autoridade. Somos cidadãos desrespeitados todos os dias. Pagamos impostos altíssimos, pagamos para a prefeitura para estacionar e ainda temos de dar dinheiro para flanelinhas? eu nunca pedi para eles cuidaram do meu carro. Na verdade são um bando de desocupados que não querem trabalhar e ficam na rua "enchendo o saco" e extorquindo dinheiro dos motoristas, que dão dinheiro pra eles com medo de terem o carro danificado.
 
Jose Inacio Medeiros Diniz Filho em 01/02/2014 12:10:54
Carlos Lamarca...vc deve estar falando de outro Pais...chamar a que policia para atender extorsão no transito...ela não vem mesmo...! eu mesmo já chamei...não fui atendido..!
 
CARLOS CRUZ em 01/02/2014 11:47:36
Motoristas, NÃO dê nada a esses, quando se sentir ameaçados chamem a polícia ou mesmo quando seu carro sofrer algum danos, Esse flanelinhas não tem futuro. Autoridades, coíbam esse tipo extorsão.
 
Carlos Lamarca em 01/02/2014 11:39:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions