A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

29/07/2011 13:37

Foragido, rapaz vai trabalhar em borracharia, furta materiais e é preso

Nadyenka Castro

Ele trocou produtos por drogas

Juliano estava foragido e foi preso após furtar para comprar drogas. (Foto: Divulgação)Juliano estava foragido e foi preso após furtar para comprar drogas. (Foto: Divulgação)

Foragido do regime semiaberto deAmambai, a 360 quilômetros de Campo Grande, Juliano Pereira, 25 anos, foi preso na última quarta-feira após furtar diversos materiais de uma borracharia.

Juliano estava trabalhando na borracharia há pouco mais de um mês e furtou do local furadeira, lixadeira e fios de extensão.

Preso, confessou o furto e disse que trocou os materiais por droga em uma boca-de-fumo do município.

De acordo com a Polícia Civil, o autor cumpria pena por assalto e estava foragido desde 1º de outubro do ano passado.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Quando um meliante é pego pela policia, seu argumento é que lhes faltam oportunidades; mas vendo um caso como este percebemos que não é nada disso, teria que as autoridades constituidas fizessem uma mudança nas normas postas, criar penitenciárias agricolas, com trabalhos duros e não pagarem salarios, mas revertessem o resultado de sua produção para reparar os danos causados a sociedade. Poderia ter penas com escalas progressivas de acordo com tamanho do dano o prazo da pena, essas medidas não só iría inibir a criminalidade mas tambem reduziria os custos com presidiários, que com as nossas leis atuais um marginal custa muito mais para a sociedade que um trabalhador.
 
Porfirio Vilela em 30/07/2011 08:26:00
Nós trabalhadores é que estamos cumprindo semi-aberto, pois saimos cedo para trabalhar e temos que retornar á noite rapidinho com medo de arrombarem nossas casas e sermos assaltados se sairmos para passear.. Bandido não tem semi-aberto e sim tem COLÔNIA DE FÉRIAS!!!
 
emerson silva em 29/07/2011 03:58:01
É lógico que não podemos generalizar, mas uma vez bandido, sempre bandido. Esse negócio de "semi aberto" deveria acabar.
 
M.Lúcia em 29/07/2011 03:35:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions