A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/01/2011 09:48

Força-tarefa retorna a ferro-velho no Guanandi e apreende sucatas de veículos

Ricardo Campos Jr. e Ana Maria Assis

Proprietário teve 48 horas para resolver o problema

Sucatas estavam impedindo passagem de pedestres na calçada da rua Jatobá (Foto: João Garrigó)Sucatas estavam impedindo passagem de pedestres na calçada da rua Jatobá (Foto: João Garrigó)

Fiscais da prefeitura de Campo Grande apreenderam mais de 7 sucatas de veículos que impediam a passagem de pedestres na calçada da rua Jatobá, no bairro Guanandi. O local já havia sido notificado pelos fiscais da prefeitura, que retornaram ao local na manhã desta sexta-feira (21) e constataram que o material continuava no mesmo lugar.

José Ferreira da Silva, proprietário do ferro velho, foi notificado também pela proliferação do mosquito da dengue por causa da água acumulada nas sucatas. Um caminhão guincho, outro de frete e uma carreta foram ao local para retirar os materiais e levá-los ao depósito da prefeitura.

Waldiney Costa da Silva, diretor de Controle Urbanístico e Posturas da Semadur, disse que a equipe esteve no ferro velho de José há 2 dias. O dono tinha 48 horas para remover o entulho, o que não foi obedecido.

José tem ainda 15 dias para apresentar o alvará de funcionamento e licença ambiental. Só pela falta de licença a multa pode ser de R$ 8 mil. O mesmo valor se não tiver o alvará. Por ocupar calçada a multa pode chegar a R$ 1,5 mil, segundo Waldiney.

A prefeitura da Capital criou uma força-tarefa para vistoriar ferros-velhos principalmente na área central. Os fiscais visitaram também estabelecimentos nos bairros São Benedito, Oliveira 2, Jardim Paulista e Guanandi.

Foram 22 locais vistoriados e 12 notificados desde a semana passada. Os que apresentaram irregularidades tiveram prazo para resolverem os problemas. Os fiscais retornam aos ferros-velhos a partir de hoje.

Rotina - O diretor de Controle Urbanístico disse que este tipo de fiscalização será constante. Waldiney frisou que Frisou que apenas bares podem usar a calçada com mesas e cadeiras. Trata-se de uma situação específica prevista em lei.

O diretor da Semadur falou que mesmo notificados, os proprietários de ferros velhos incorrem sempre no mesmo problema. É comum, segundo ele, encontrar irregularidades em locais já penalizados em outras fiscalizações.

“Nessa região percebemos inúmeras reclamações dos moradores que não podem usar as calçadas que é de passeio livre por lei. Para que este erro não se repita vamos tomar providências mais enérgicas autuando o proprietário por cada irregularidade”, disse Waldiney.



otimo trabalho, espero que não pare so nisso este bairro tem uma necessidade enorme de renovação, esta localizado próximo do centro e as magens do rio anhandui e ainda tem este povo que fica colocando estas sucatas velha na rua como se dono dela fosse, não sou contra o ferro velho mas deveria ser colocado fora do perímetro urbano da cidade em local onde não correria nem o risco de contaminar os lençõis freaticos com serteza evitaria ate a proliferação do mosquitos.
 
Deni Sivim em 21/01/2011 12:27:21
Que parabenizar está atitude da prefeitura em retirar todos impecilhos das calçadas, mais muito me admiro em deixar usar com cadeiras e mesas de bares impedindo dos trâseuntes andar na rua desputando espaços com os veículos. E AINDA DIZEM LEI...
 
ANTONIO DE ARAUJO em 21/01/2011 12:11:01
É muito lovavel o q esta sendo feito pela prefeitura quanto aos ferros Velho.A obstrução de calçadas não são feitas somente pelos Ferros Velho. Há muita sucata esparramada pelas
vias publicas de Campo Grande.
Há uns 10 dias tentei remeter a foto de 01 trator (sucata) que fora deixado na via publica da Av.Hiroshima na altura do nº 1400 e que até o momento nenhum fiscal da prefeitura passou
pelo local afim de notificar o proprietario e mesmo apreender a maquina. Mais para multar
pelo simples buraco na calçada eles passam direto pela via.
 
Marco Aurelio de Souza Perez em 21/01/2011 12:04:20
"Parabéns a fiscalização Semadur...um ótimo trabalho...tem mesmo que acabar com essas imundicies de ferro velho que só serve prá acumular lixo de sucata e água.
Moro na região do Guanandi e confesso que é extremamente um transtorno essa questão de ferro velho no bairro...um verdadeiro lixão de sucata...um horror...fora aqueles que deixam sucatas na beira das ruas, atrapalhando até mesmo a circulação de veículos pelas ruas do bairro.
 
VILMA CAVALCANTE em 21/01/2011 10:47:56
JA TAVA NA HORA DA PREFEITURA TOMAR UMA POSTURA E TIRAR ESSAS LATAS VELHAS DA RUA DO GUANANDI, VAMOS VER SER FICA ASSIM POIS SEMPRE TIRAM E DEPOIS DE UM CERTO TEMPO VOLTA TUDO, CONHEÇO ESSE LOCAL, AS RUAS FICAM CHEIAS DE SUCATAS VELHAS, DEVERIAM NAO SO MULTAR MAS COMO FECHAR O LOCAL INTERDITAR.
 
ADRIANO ALVES LIMA SILVA em 21/01/2011 10:20:38
Parabens para prefeitura, já estava na hora disso acontecer....nesse local ai já vi até usuarios de drogas dormindo dentro desses carros velhos.....cometende pequenos delitos por quem passava nesse local..........e o mais engraçado, o dono desse ferro velho marcou toda a frente da casa dele com faixas amarelas até na rua para ninguem estacionar, mais ele oculpa quase toda a rua..
parabens pelo trabalho.
 
Lucas Coutinho em 21/01/2011 03:59:04
Aquí em Três Lagoas a Prefeitura deveria fazer isso também, porque em diversos sucateiros pelas ruas, com veículos imprestaveis jogados em terrenos, desmontados, com água acumulada, sujeira, enfim, é hora de cumprir o Código de Posturas, ou ele é só enfeite para ser usado quando quiser? A eleição acabou e é hora de começar a limpar a cidade que está suja com sarjetas quebradas por todos os lados do centro, com asfalto esburacado, sem faixas de pedestres, enfim, tá um caos. Tá na hora e se mexer Secretarias. vamos...
 
Rosa Ribeiro de Oliveira em 21/01/2011 03:26:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions