A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/12/2013 10:08

Funcionários aprovam indicativo de greve e Enersul pode parar na segunda

Aliny Mary Dias

Pelo menos 900 funcionários dos 1,090 mil que compõem a Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul), que faz parte do grupo Rede Energia, aprovaram paralisação na manhã desta terça-feira (10). A contraproposta enviada pela empresa foi reprovada pelos funcionários que aprovaram ainda um indicativo de greve.

Conforme o presidente da Sinergia (Sindicato dos Eletricitários de Mato Grosso do Sul), Élvio Marcos Vargas, os funcionários estão parados em todo o Estado até às 11 horas de hoje.

Durante a assembleia, os funcionários rejeitaram a proposta da Enersul que garantia abono salarial de R$ 500. Os trabalhadores pedem ganho real e garantia de que postos de trabalho não sejam extintos.

Ainda segundo o sindicato, o atendimento mínimo dos funcionários de plantão da Enersul está garantido. Uma nova assembleia está marcada para a segunda-feira (16) e deverá aprovar a greve que deve ser por tempo indeterminado.

A assessoria de imprensa da Enersul informou ao Campo Grande News que a empresa sempre esteve aberta para negociações e que continua com diálogos com o sindicato para buscar um melhor resultado para a empresa e para os trabalhadores.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions