A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/08/2013 16:43

Fundac desiste de demolir Cidade do Natal e espaço continua abandonado

Aliny Mary Dias
Local existe há 5 anos, mas só é usado nos meses de dezembro (Foto: Cleber Gellio)Local existe há 5 anos, mas só é usado nos meses de dezembro (Foto: Cleber Gellio)

Utilizada há cinco anos nos meses de dezembro, a Cidade do Natal, construída nos altos da avenida Afonso Pena em Campo Grande, não será demolida, segundo a Fundac (Fundação Municipal de Cultura). Indignados com o abandono do local, moradores cobram da administração pública uma atitude para que a vila com 22 chalés possa ser usada nos 12 meses do ano.

Há quatro meses, a Fundac chegou a anunciar que o espaço seria demolido e que a “Cidade Encantada” seria criada no Horto Florestal. Na época, técnicos da fundação afirmaram que, pelo material ser de péssima qualidade, somente as janelas seriam reaproveitadas.

Segundo o chefe da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, a pasta iria auxiliar na demolição do local, mas a Fundac “voltou atrás” e desistiu de retirar os 22 chalés, 1 capela e duas estruturas usadas como casa do papai Noel.

Alheios aos trâmites políticos, por parte dos moradores só existem reclamações sobre o local. Presidente do Fórum Municipal de Cultura, Vitor Samúdio diz que o local poderia ser usado para a instalação de uma feira cultural.

“É um espaço que pode ser usado pelos setores criativos como o artesanato e a gastronomia. O que não pode é ter uma estrutura que funciona um mês e fica fechada o restante do ano”, afirma.

Dentro de chalés, o cheio de urina e restos queimados são frequentes  (Foto: Cleber Gellio)Dentro de chalés, o cheio de urina e restos queimados são frequentes (Foto: Cleber Gellio)
Maioria dos locais estão com portas e janelas arrombadas (Foto: Cleber Gellio)Maioria dos locais estão com portas e janelas arrombadas (Foto: Cleber Gellio)

A reportagem do Campo Grande News esteve na Cidade do Natal na manhã desta terça-feira (20) e as denúncias dos moradores se confirmam. A maioria dos chalés e até a casa do papai Noel estão com as portas e janelas arrombadas.

Dentro das estruturas, já deterioradas, o cheiro de urina e os restos de roupas, preservativos e utensílios para uso de drogas tomam conta. A impressão é que o local se transforma em reduto de moradores de rua e usuários de droga durante a noite.

Para a turismóloga Maria Inês, 65 anos, a Cidade do Natal se transformou em um “elefante branco” para a Capital. “Eu considero um absurdo essa estrutura estar abandonada, tinha que ser usada como local para venda de itens típicos do Pantanal. Seria ótimo para os turistas”, explica.

Moradores reclamam do descaso da Cidade do  Natal (Foto: Cleber Gellio)Moradores reclamam do descaso da Cidade do Natal (Foto: Cleber Gellio)

Morador de Belo Horizonte e visitante assíduo de Campo Grande, Antonio Ferreira, 70 anos, conta que o local poderia ser melhor aproveitado tanto para os turistas quanto para os moradores da Capital.

“Passa uma imagem ruim da cidade, é usado como um motel durante a noite e fica abandonado o ano inteiro. Alguém tem que tomar alguma atitude”, explica.

O Campo Grande News entrou em contato com o diretor-presidente da Fundac, Julio Cabral, mas a secretária que atendeu a ligação informou que o secretário poderia atender no fim da manhã. Até o fechamento desta reportagem, as ligações não foram atendidas.



`Sou do estado do Paraná e já tive o prazer de ir duas vezes vem a cidade do natal, amei e toda família também, é uma pena ver esse tipo de notícia. Não se tem muita opção de turismo em c. grande, a cidade do natal cada ano surpreende mais...acho também que o local deveria ser ocupado por feiras principalmente artesanato..ou outra atividade cultural...até mesmo pensar na possibilidade de se manter vigias. Mas abandonar não dá...
 
rosimar kisser em 13/09/2013 14:20:14
esta abandonada como muita coisa, veja o city tour como esta hoje.o turismo esta abandonado, esperamos que no fim do ano esta realidade seja outra e que a cidade do natal volte a ter sua beleza. a arquitetura é muito bonita e da um contrate unico, muitos turistas se encantam com uma replica de uma cidade nordica em plena america do sul
 
samuel vosni em 21/08/2013 13:23:35
Para os revoltados com a Administração atual, vou dar lhe uma notícia: Ontem saiu uma pesquisa do Ministério da Saúde sobre a consulta única na Capital e teve aprovação de 89% da população. Imagine se tivesse abandonada. Se gasta dinheiro público com bobeira sem projeto; quem criou isso, deveria ter estipulado o gasto mensal na manutenção e guarda para o local. Quem critica a administração atua, mamava nas tetas.
 
luiz alves em 21/08/2013 07:36:36
Não é apenas a antiga Cidade do Natal que está abandonada em Campo Grande. A praça Ary Coelho está tão largada a própria sorte, que as plantas estão morrendo por falta de irrigação e cuidado. Vamos seguir o raciocínio padrão desta administração e demoli-la também? Lamentável! Não era o que ninguém esperava na época da eleição, no ano passado.
 
Eldes Ferreira em 21/08/2013 07:20:44
Um dos princípios da Administração Pública é o Princípio da Continuidade. Este princípio deixa de lado o autor da obra e respeita o interesse público. Há interesse público. A cultura deve ser preservada e fomentada em seus vários aspectos.A utilização do espaço é de multiuso, dando a possibilidade de eventos diversos fomentando as várias culturas que envolvem a cidade, cuja identidade está se formando, até porque a nossa morena ainda é nova e como Capital mais nova ainda. Seria bom deixar o ciume de lado e absorver as coisas boas, afinal o contribuinte merece que seu dinheiro seja respeitado, esta é a boa política.
 
Almerindo de Oliveira em 20/08/2013 23:20:26
Estou em Campo Grande há quase 3 anos, vim de São Paulo. Fiquei emocionada a primeira vez que fui até a Cidade do Natal. Que coisa linda! São Paulo tem variedade de pontos turísticos na cidade na época do Natal. Mas em todos eles as pessoas chegam assistem/olham a decoração, tiram foto e só! Em pouco mais de 20 minutos não há mais nada a fazer. A Cidade do Natal traz mais do que isso, permite confraternização, é um passeio que pode demorar horas para a criançada... e Natal é isso: confraternização! Foi muito triste no último Natal estávamos comendo e os homens começaram a desmontar a decoração como quem tira um cano enferrujado da parede, um dia antes. Autoridades, falta em Campo Grande lugares para passeios culturais, o espaço já existe, é só usá-lo!
 
Laureny Cisneiro Prates em 20/08/2013 20:45:02
NÃO É SÓ A CIDADE DO NATAL QUE ESTA ABANDONADA NÃO.....É A CIDADE DE CAMPO GRANDE TAMBÉM!!!!!!! MAS.....O POVO QUERIA "MUDANÇAS".....ENTÃO TAI ELAS....DELICIE-SE!!!
 
Marcos Aurélio em 20/08/2013 18:02:00
A Fundac, assim como toda a gestão municipal, deveria ser repensada. Será que não era mais inteligente continuar com o nome, Cidade do Natal, marca registrada e no lugar já tradicional, com grande capacidade de estacionamento de carros e ônibus vindos de fora??
Será mesmo racional mudar para um lugar com acesso ruim, sem lugar para estacionar, com forte fluxo de carros (Ernesto Geisel) e ônibus (26 de agosto)??? Vai travar senhor prefeito, não precisa ser engenheiro para sacar isso. Além disso, como é mesquinha e pequena a atitude de mudar o nome do empreendimento...sem comentários, que vergonha...Será que algum tonto não vai saber da criação ser anterior????

Faltam 40 meses e 11 dias para a tragédia da administração municipal deixar Campo Grande, com sorte vaza antes!!!!
 
Renato Rios Fane em 20/08/2013 17:30:00
É brincadeira a FUNDAC que preserve então, isso é palhaçada, se vai ter cuida, senão deixa quieto e destroi, os orgãos responsaveis como o proprio nome diz, tinham que ser responsabilizados, o diretor, gerente, chefe do FUNDAC, se coça filho, faz alguma coisa, pegar o cargo todo mundo quer, receber o salarião de marajá também, mas ninguem quer colocar a mão na massa, ninguem quer trabalhar mais, se eu fui indicado ou passei no concurso, uhuu, chega de trabalhar, isso não pode, nós vamos ir para o fundo do buraco, alguem tem que fazer alguma coisa.
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 20/08/2013 17:10:44
A cidade natal atualmente esta como a cidade de campo grande, abandonada.
Prefeitura vamos se mexer, precisa contratar tecnicos, administradores, empreendedores para fazer a economia girar, fazer uso das coisas boas, dinheiro em caixa parado nao ajuda ninguem e nao faz a coisa acontecer.
 
JUVENIL CASAGRANDE em 20/08/2013 16:58:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions