ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  17    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Governo esclarece que delivery de floriculturas também está liberado

Decisão é baseada em subitens apresentados em decreto divulgado na manhã de ontem

Por Liniker Ribeiro | 11/06/2021 13:29
Governo esclarece que floriculturas, assim como outros serviços não essenciais, podem funcionam no sistema delivery (Foto: Marcos Maluf)
Governo esclarece que floriculturas, assim como outros serviços não essenciais, podem funcionam no sistema delivery (Foto: Marcos Maluf)

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul esclarece que também está permitido delivery de floricultura de 13 até 24 de junho, enquanto o decreto que estabelece medidas mais restritivas estiver em vigor.

O setor é classificado como "não essencial de médio risco", o que sempre foi autorizado pelo decreto na modalidade delivery, mesmo em cidades classificadas pela cor cinza, que representa grau de risco extremo da doença.

A decisão é baseada no subitem 1.30 do decreto, que classifica como atividade essencial os serviços delivery relacionados a quaisquer produto, mesmo os não classificados como essenciais.

Óticas e comércios ortopédicos – Comércios dos dois setores, assim como outros de natureza hospitalares – de cadeiras de rodas, muletas, entre outros – podem funcionar com base no subitem 1.35, que classifica como atividade essencial o comércio de produtos de saúde para seres humanos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário