A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Abril de 2019

19/01/2019 10:57

Governo vai recorrer contra liminar que barra fechamento de escolas na Capital

O fechamento ocorre pela evasão de estudantes da Rede Pública de Ensino nos últimos anos.

Mirian Machado
Pais e alunos em protesto na frente da Escola Estadual Zamenhof (Foto: Paulo Francis)Pais e alunos em protesto na frente da Escola Estadual Zamenhof (Foto: Paulo Francis)

A Procuradoria-Geral do Estado informou que ainda não foi citada pela Justiça, mas que vai recorrer contra liminar que barrou o fechamento das quatro escolas determinado da SED (Secretaria de Educação do Estado de MS), 

Até então seriam fechadas as escolas Consuelo Muller, Riachuelo, Otaviano Gonçalves da Silveira Junior, no Residencial Flamingos, no Lar do Trabalhador e a Zamenhof, no bairro Amambaí.

Conforme informado pela PGE/MS, a decisão de desativar escolas foi tomada pela evasão de estudantes da Rede Pública de Ensino nos últimos anos e que todo o processo foi feito após um estudo criterioso. A Procuradoria ainda reforça que os alunos imediatamente foram remanejados para escolas próximas visando assegurar o menor impacto possível para a comunidade escolar dessas regiões.

No documento de nove páginas que impede o fechamento, o juiz Marcelo Hanry Batista de Arruda ressalta não só o impacto na rotina escolar dos alunos, como também os tópicos que no seu entendimento, comprovam que a decisão do Estado não levou em conta a opinião da comunidade escolar, país, os próprios alunos e outros setores do poder público, ligados a educação.

Segundo a assessoria, a SED só irá se pronunciar na segunda-feira (21).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions