A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/07/2015 11:48

Greve atrasa calendário de vacinas e leva pais ao desespero em mutirão

Mariana Rodrigues
As senhas foram distribuídas às 6 horas da manhã, mas alguns pais chegaram de madrugada para garantir o atendimento. (Foto: Marcos Ermínio)As senhas foram distribuídas às 6 horas da manhã, mas alguns pais chegaram de madrugada para garantir o atendimento. (Foto: Marcos Ermínio)

Com a greve dos enfermeiros, deflagrada no último dia 20 em Campo Grande, muitos pais enfrentaram o mau tempo deste sábado (4), para poder colocar o calendário de vacina dos filhos em dia. Para atender a demanda, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), abriu salas de vacinação neste final de semana em quatro postos de saúde. Houve filas e pais desesperados porque o calendário está atrasado e até foram embora sem vacinar as crianças.

Na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Tiradentes, as 100 senhas foram entregues às 6 horas da manhã, mas para garantir o atendimento, alguns pais chegaram às duas horas da madrugada. Os que chegaram mais tarde tiveram que contar com a sorte, é o caso de Kamyla Barreto de Lima, 28 anos, ela chegou na UBS por volta das 9 horas e já não havia mais senha.

Ela conta que por conta do tempo teve dificuldades em se deslocar até o local, já que mora no bairro Oiti, e acabou chegando tarde. "O tempo atrapalhou um pouco, foi bem complicado chegar aqui", conta.

 Kamyla Barreto de Lima, 28 anos, chegou tarde, mas contou com a generosidade de um amigo que cedeu a última senha deste sábado. (Foto: Marcos Ermínio) Kamyla Barreto de Lima, 28 anos, chegou tarde, mas contou com a generosidade de um amigo que cedeu a última senha deste sábado. (Foto: Marcos Ermínio)

Como ela chegou e não tinha mais senha, um amigo que tinha chegado mais cedo cedeu a última senha, a de número 100, para que ela conseguisse vacinar o filho de três meses que está com a vacina atrasada desde o dia 26 do mês passado. Mesmo sabendo que será a última da fila, ela comenta que já está feliz, pois sabe que a vacina do filho, que custa entre R$ 100 e 120, segundo ela, está garantida.

Em outro posto, no Guanandi, este foi o segundo final de semana com atendimento para colocar o calendário de vacinação em dia. A procura foi grande, conforme informou o técnico de enfermagem Juares Arantes à reportagem do Campo Grande News. As senhas foram distribuídas às 6h30, e o atendimento estava demorado.

Juares justifica que a demora é por conta da preparação e administração da vacina. "Por ser a maioria crianças, é mais demorado para aplicar a vacina, até porque algumas precisam de mais de um tipo", conta.

Para garantir a vacina do filho de oito meses, Dilma Vargas de Lima, 34 anos, conta que seu esposo foi primeiro até o posto do Guanandi. "Ele chegou por volta das 5h40, e pegou a senha 23. Meu filho está com a vacina antigripal atrasada, pois quando teve a campanha ele estava doente, e depois com a greve, acabou atrasando", diz.

O técnico de enfermagem Juares Arantes, conta que a procura foi grande no posto do Guanandi. (Foto: Marcos Ermínio)O técnico de enfermagem Juares Arantes, conta que a procura foi grande no posto do Guanandi. (Foto: Marcos Ermínio)

Atraso - Juares conta que muitos pais estão chegando até a UBS com calendário de dois a três meses de atraso, ou seja, estava atrasado antes mesmo da greve. "É importante ressaltar que antes da greve todas as unidades que atendem 24 horas, a sala de vacinação funciona das 6 horas às 18 horas, ou seja, não era motivo para tanto atraso", comenta.

Segundo informações de Juares, as vacinas mais procuradas durante o mutirão, são a pentavalente, rotavírus, meningo,  pneumo e a segunda dose da antigripal.

Atendimento - O atendimento é até as 17 horas, e a prioridade é para quem tem senha. Acabando o atendimento, novas senhas serão distribuídas, mas é preciso ter paciência para esperar, pois há apenas uma sala de vacinação para atender a população.

As UBS que estão atendendo são: Tiradentes fica localizada na venida José Nogueira Vieira, bairro Tiradentes. O posto do Coronel Antonino fica na Dr. Meireles, bairro Coronel Antonino (próximo ao Corpo de Bombeiros).

A UBS Nova Bahia está localizada na avenida Senhor do Bonfim, bairro Nova Bahia. A UBS do Guanandi fica na rua Cora, bairro Guanandi.

Dilma Vargas de Lima, 34 anos, chegou às 5h40 para garantir a senha e vacinar seu filho de 8 meses. (Foto: Marcos Ermínio)Dilma Vargas de Lima, 34 anos, chegou às 5h40 para garantir a senha e vacinar seu filho de 8 meses. (Foto: Marcos Ermínio)
As vacinas mais procuradas durante o mutirão, são a pentavalente, rotavírus, meningo,  pneumo e a segunda dose da antigripal. (Foto: Marcos Ermínio)As vacinas mais procuradas durante o mutirão, são a pentavalente, rotavírus, meningo, pneumo e a segunda dose da antigripal. (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions