A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

31/07/2015 16:45

Grupo matou churrasqueiro a pauladas para roubar R$ 10 e celular

Paulo Yafusso e Alan Diógenes
A adolescente, de costas, diz que só Deus para saber o que será do filho que vai nascer (Foto: Fernando Antunes)A adolescente, de costas, diz que "só Deus" para saber o que será do filho que vai nascer (Foto: Fernando Antunes)
O pedaço de pau com um metro e meio de comprimento, usado para matar a vítima (Foto: Fernando Antunes)O pedaço de pau com um metro e meio de comprimento, usado para matar a vítima (Foto: Fernando Antunes)

O churrasqueiro Francisco Irivan Alves, 48 anos, foi vítima de latrocínio praticado por quatro pessoas, entre elas uma adolescente de 14, grávida de três meses. Três delas foram apresentadas hoje (31) pela delegada Célia Maria Bezerra da Silva, da 4ª Delegacia de Polícia, do bairro Moreninhas. A vítima estava desaparecida desde o dia 26 e o corpo foi encontrado na última terça-feira (28), num matagal próximo ao cemitério do distrito de Anhanduí, a 50 quilômetros da Capital.

O churrasqueiro foi morto com vários golpes de madeira, e teve o rosto todo desfigurado, além de fraturas pelo corpo. O material usado no crime foi apreendido.

Segundo a delegada, familiares disseram à polícia que no último domingo Francisco Irivan saiu de casa dizendo que iria ao Clube de Laço. Os policiais apuraram que ele deixou o local em um veículo Fiat Prêmio, de cor vermelha, junto com quatro pessoas e posteriormente o grupo foi visto no Bar do Ito.

A polícia identificou e localizou o motorista do carro, Paulo da Silva Brito, 26 anos, que confirmou ter levado todos até o bar, mas negou participação no crime. Ele disse aos policiais que as outras pessoas que estavam no local eram a adolescente, o irmão dela, Alex Sandro Pinheiro dos Santos, 24 anos, e João Roberto Lopes da Silva, 22 anos. Alex está foragido e os outros envolvidos se apresentaram à polícia.

As versões de Paulo e da adolescente batem no que se refere a informação de que o rapaz permaneceu no carro enquanto os outros bebiam com a vítima. João alega que houve uma briga entre Francisco e Alex e ele acabou interferindo agredindod a vítima, mas que foi Alex Sandro quem deu as pauladas no churrasqueiro.

Mas a versão dele não bate com o que se verificou na cena do crime. As investigações apontam que a adolescente levou a vítima a um matagal próximo ao cemitério para um suposto programa, quando então João chegou e deu uma gravata em Francisco, que chegou a pedir para ele parar e também chamou por socorro antes de desmaiar. Francisco Irivan já estava no chão quando passou a ser agredido com as pauladas por Alex.

A jovem confessou que logo depois pegou a carteira com R$ 10 e o celular que estavam no bolso da vítima. Ela será encaminhada para a Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude) e os rapazes para o presídio da Capital.

Se condenados, podem pegar de 20 a 30 anos de cadeia. João Roberto já tem passagem pela polícia e Alex Sandro tem mandado de prisão em aberto, sob acusação de participação em assalto.

Homem desaparecido é encontrado morto próximo de cemitério
Um homem de 48 anos foi encontrado morto nesta manhã (28), próximo ao cemitério de Anhanduí, distrito de Campo Grande. No corpo de Francisco Irivan M...
Homem que estava desaparecido é encontrado morto com ferimentos de tiros
Desaparecido desde domingo (26), Sérgio Nunes, 32 anos, foi encontrado morto com pelo menos dois tiros no final da tarde de ontem (27), na Aldeia Cer...


Alguém de sã consciência, ainda é contra a pena de morte e a Redução da Maioridade Penal? Que se manifestem os hipócritas!
 
Barbarossa em 31/07/2015 17:36:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions