A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

31/01/2018 18:15

Guaicurus alaga e água migra para barracos ao lado de córrego

Famílias que moram às margens do Bálsamo ficaram apavorados

Kleber Clajus e Guilherme Henri
Marciele da Silva mostra em prantos altura que água chegou em sua casa ao lado do Córrego Bálsamo (Foto: Saul Schramm)Marciele da Silva mostra em prantos altura que água chegou em sua casa ao lado do Córrego Bálsamo (Foto: Saul Schramm)

Vinte famílias observaram seus barracos encherem de água, nesta quarta-feira (31), em decorrência de alagamento da Avenida Guaicurus, em Campo Grande. Grupo reside em área irregular às margens do Córrego Bálsamo e tem sido monitorado pela Defesa Civil.

“Fiquei apavorado, porque não sabia o que fazer para tirar meus filhos”, contou o diarista Rodrigo Soares, 36 anos, que divide residência improvisada com a esposa e quatro crianças. Ao menos dessa vez, a água decorrente de chuva forte na região não teria causado danos.

Já a dona de casa Marciele da Silva, 18 anos, chorava com o filho de dois meses dormindo dentro de seu barraco. Se recuperando do susto, ela apontou os cerca de 30 centímetros de altura que a enxurrada alcançou e disse querer deixar o Bairro Cohab tão logo possível.

De acordo com o chefe da divisão de ações da Defesa Civil municipal, Lenirdo Pedroso de Almeida, choveu na região do Bandeira média de 38 milímetros, o que teria aumentado a vazão do córrego e consequentemente alagou os imóveis que estão em área irregular.

Rodrigo Soares limpa barraco depois da chuva, sob olhar dos filhos (Foto: Saul Schramm)Rodrigo Soares limpa barraco depois da chuva, sob olhar dos filhos (Foto: Saul Schramm)
Moradores chegaram a fotografar os danos causados pelo alagamento da avenida (Foto: Saul Schramm)Moradores chegaram a fotografar os danos causados pelo alagamento da avenida (Foto: Saul Schramm)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions