ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Guarda afirma que coletor de lixo agrediu equipe durante abordagem

"Guardinhas de merda, vão trabalhar", seria uma das frases que homem usou para ofender guardas municipais

Por Ana Oshiro | 13/11/2020 11:39

A Sesdes (Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social) afirma que foi um dos três coletores de lixo quem agrediu a equipe da GCM (Guarda Civil Metropolitana). O caso ocorreu no final da noite de quinta-feira (12) no Jardim Tijuca, região sul de Campo Grande.

De acordo com a nota à imprensa, os três coletores estavam na calçada, no momento da abordagem um deles, que estava trajando apenas calça, começou a ofender a equipe da GCM e passou a se portar de maneira agressiva.

Segundo o boletim de ocorrência, registrado pela GCM, o homem, de 31 anos, fez gestos obscenos para a guarnição, mostrando o dedo, o coletor também teria falado "guardinhas de merda, vão trabalhar".

Diante dos fatos, os guardas fizeram a abordagem e busca pessoal desse único coletor, quando o homem, visualmente alterado e bastante agressivo, dizia "vocês não são polícia e não podem me abordar e nem encostar a mão em mim". Conforme nota à imprensa, a guarnição foi chamada pelos moradores do bairro.

Após abordagem, foi feita a checagem criminal e constatado que ele possuía passagens criminal quando era menor de idade, além do homem ter dívidas com a justiça. Ele não foi encaminhado para a delegacia, pois a lei proíbe a prisão cinco dias antes das eleições.

Os coletores registraram boletim de ocorrência na Polícia Civil, alegando que foram agredidos pelos guardas municipais sem motivo. Conforme nota à imprensa, a Sesdes determinou abertura imediata de procedimento para apurar as divergências entre os fatos registrados.

A Sesdes informa que repudia veemente quaisquer condutas violentas e, caso as denúncia de abuso e excesso por parte dos guardas sejam confirmadas, determinará o afastamento imediato dos envolvidos, aplicando as penalidades previstas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário