ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  20    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Guarda diz que usou spray de pimenta para garantir “direito de ir e vir”

Passageiros que protestaram reclamaram de truculência e falta de diálogo

Por Jones Mário | 15/11/2019 09:40
Grupo especial da Guarda foi acionado para dispersar manifestantes no terminal (Foto: Marcos Maluf)
Grupo especial da Guarda foi acionado para dispersar manifestantes no terminal (Foto: Marcos Maluf)

Em posicionamento, a Guarda Municipal de Campo Grande justificou que agiu durante protesto de passageiros de ônibus no terminal Morenão para garantir o “direito de ir e vir” do cidadão. O GPI (Grupo de Pronta Intervenção) da força de segurança usou spray de pimenta para dispersar grupo que bloqueou uma das saídas do local, no início da manhã desta sexta-feira (15), feriado da Proclamação da República.

Via assessoria de imprensa, a Guarda reconheceu o direito à manifestação, mas disse que trabalhou para “resguardar o direito do cidadão que não quer participar da manifestação” e também a fim de evitar que as pessoas no bloqueio fossem atropeladas.

Ainda segundo a força municipal de segurança, o uso do spray de pimenta se explicou pelo risco à guarnição, uma vez que o número de policiais era inferior ao de manifestantes.

A Guarda alegou que usou apenas material menos letal. O GPI tinha armas com munição de borracha, que não foram utilizadas durante o protesto. Um processo administrativo disciplinar será aberto para apurar a conduta dos servidores.

Manifestação - A saída sentido centro do terminal Morenão foi bloqueada pelos manifestantes por aproximadamente meia hora, no início desta manhã. Os passageiros se revoltaram com a demora de linhas que passam pelo local.

Quem participou do protesto reclamou de truculência e falta de diálogo da Guarda. Alguns manifestantes sofreram com os efeitos do gás de pimenta.

Responsável pelo transporte público na Capital, o Consórcio Guaicurus tem por medida diminuir o número de ônibus e motoristas nas ruas em até 30% durante feriados e finais de semana.

A reportagem procurou a concessionária, via assessoria de imprensa, mas ainda não houve resposta.

O que era rápido, melhorou! Seja exclusivo, cadastre o telefone (67) 99981 9077 e receba as notícias mais lidas no Campo Grande News pelo seu WhastApp. Adicione na sua lista de contato, mande um "OI", e automaticamente você será cadastrado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário