A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/11/2014 11:57

Guardas vão reforçar fiscalização e agentes no trânsito crescerá 237%

Priscilla Peres
(Foto:Marcelo Calazans)(Foto:Marcelo Calazans)

A partir de 2015, os guardas municipais de Campo Grande poderão aplicar multas de trânsito, para isso, começou hoje o curso de formação de agentes que pretende capacitar 140 fiscais até o primeiro trimestre do ano que vem. Com essa mudança o número de agentes que fazem a fiscalização do trânsito vai aumentar 237%, passando dos atuais 59 para 199.

A qualificação acontece em parceria entre a prefeitura e o Detran MS (Departamento de Trânsito) e terá 137 horas, divididos entre parte prática e teórica. Participam dessa primeira fase, até o dia 28 de novembro, 50 guardas municipais e outros 50 em março de 2015. Outros 40 já passaram pelo treinamento este ano.

De acordo com o comandante da Guarda Municipal, Valério Azambuja, do total de homens capacitados, 42 poderão trabalhar armados porque foram pré-selecionados e passarão, em dezembro, por um curso de capacitação (teórico e prático) de armamento e tiro, que será ministrado pela Polícia Militar. “Nosso planejamento é que, do efetivo de 1.100 guardas, 275 atuem armados”.

O presidente do Detran/MS, Carlos Henrique Santos Pereira, disse durante a abertura da capacitação na manhã de hoje, que o curso faz parte de ações para melhorar o trânsito da Capital e diminuir a violência. "Fizemos um compromisso mundial em 2010 para diminuir o número de acidentes e estamos desenvolvendo ações apara isso", disse.

Já o prefeito Gilmar Olarte (PP) afirma que a mudança faz parte da estruturação da Secretaria Municipal de Segurança Pública, que ele quer criar em breve. "Com a secretaria vamos conseguir mais apoio e recursos para melhorar a Guarda Municipal que já está evoluindo muito".

Santos Pereira ainda disse que a secretária nacional de Segurança, Regina Miki, vai repassar em torno de R$ 1 milhão para investimento na estruturação da guarda que, junto com a vigilância patrimonial do município, vai ter uma atuação suplementar, em parceira com as forças policiais. Já foram criadas cinco bases operacionais da corporação, outras duas deve ser ativadas em 2015.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions