ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Homem diz que matou garota de programa a facadas ao ser chamado de feio

Suspeito alegou que surtou ao ser ofendido; crime ocorreu no sábado, mas corpo foi achado nesta segunda

Por Dayene Paz e Antonio Bispo | 22/04/2024 11:09
Suspeito de matar garota de programa em camburão da PM (Foto: Direto das Ruas)
Suspeito de matar garota de programa em camburão da PM (Foto: Direto das Ruas)

O homem preso na manhã desta segunda-feira (22) confessou que matou uma garota de programa a facadas após surtar ao ser chamado de feio. O caso aconteceu dentro da casa do suspeito, na Avenida Presidente Vargas, no Bairro Santo Antônio, em Campo Grande.

Segundo a Polícia Militar, Sérgio Guenka, de 52 anos, contratou os serviços da mulher, de 42, no sábado (20). Contudo, quando a mulher chegou na casa e viu o cliente, afirmou que não faria o programa sexual porque achou o homem "muito feio".

À Polícia Militar, ele relatou que "surtou" naquele momento. Então, pegou uma faca e desferiu vários golpes na vítima. Somente na manhã desta segunda-feira (22), foi que ligou para a irmã e afirmou que tinha matado uma mulher.

A irmã, inicialmente, não acreditou, mas comunicou a polícia. Os militares chegaram na casa e localizaram a vítima no chão do quarto, ferida por diversas facadas.

Equipe dos bombeiros foi acionada e constatou a morte da vítima. Segundo o tenente dos bombeiros, Carlos Alex Sanchez, a vítima estava seminua, com diversos golpes de faca pelo corpo. "Crime com requintes de crueldade e a vítima aparenta ter morrido há pelo menos um dia, pois o corpo já estava em início de decomposição".

O suspeito fazia tratamento de esquizofrenia no Caps (Centro de Atenção Psicossocial). Ele foi preso e está dentro da viatura da PM, em frente a casa onde ocorreu o crime. Moradores que conversaram com a reportagem o descreveram como "super tranquilo", que morava sozinho e se assustaram ao saber do assassinato.

Agora, policiais militares aguardam as equipes da Polícia Civil e Perícia.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias