A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

28/01/2011 12:38

Homem é baleado ao furtar mercado e Polícia suspeita que vigia tenha atirado

Ricardo Campos Jr.

Suspeito foi atingido com tiro no pé

José Carlos da Silva, 51 anos, foi atingido com um tiro no pé após ter furtado 4 pacotes de cigarro de um mercado localizado na rua Aqueluz, no bairro Jardim Noroeste. De acordo com informações da PM (Polícia Militar), a suspeita é que um vigia de 42 anos que trabalhava pela rua e avistou o suspeito saindo do estabelecimento tenha atirado.

Segundo a Polícia, à 1h20, testemunhas alertaram o vigia que havia alguém saindo pelo telhado do comércio. Ao perceber que havia sido notado, José Carlos abandonou os objetos que havia furtado e fugiu.

De acordo com a Polícia, o vigia perseguiu o suspeito pela rua até que em certo momento alcançou José Carlos que tentou reagir.

Uma viatura da PM que fazia rondas pela região foi acionada por outro vigia que também trabalhava na região. Ele relatou que o colega havia detido autor de furto;

A PM encaminhou José Carlos para o HU (Hospital Universitário) onde recebeu atendimento e permaneceu internado por causa do ferimento. Uma equipe de policiais ficou no local escoltando o preso. O vigia negou ter atirado no suspeito.

Foi feito um exame residuográfico no vigia. Caso seja comprovado que ele atirou contra o suspeito, será indiciado por lesão corporal dolosa e será intimado a apresentar a arma, o registro e o porte.

Confundido com ladrão, homem causa acidente e acaba agredido
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


O NEGOCIO É PARAR DE TRABALHAR, O BANDIDO TEM MAIS DIREITOS. ESSA LEI DO BRASIL NÃO VAI MUDAR NUNCA......
 
JOELSON XAVIER em 03/02/2011 02:16:13
E a linguiça (com ou sem trema???) segue mordendo o cachorro!
 
Rodrigo Medeiros em 29/01/2011 08:01:41
ta certo que atirar nas pessoas não é correto...mas o vigia, se atirou no "suspeito" ainda deverá responder por crime? quem estava roubando nao era ele..é nossa justiça é cega mesmo..
 
Selma de souza em 28/01/2011 12:59:28
Isso e uma palhaçada, aonde ja se viu, prender um cidadão desse, ta certo q ele precisa ter o porte de arma, mas agora indiciar por lesão corporal dolosa, e brincadeira, o cara consegue deterr o autor do furto, coisa q a Pm iria apenas registrar a ocorrencia, e ainda vai ser indiciado, e o ladrão vai sair rindo da cara do vigia, para praticar novos furtos, depois dizem q direitos humanos e para todos, isso e uma tremenda MENTIRA, isso foi feito por algum mercenario q tem o filho usuario ou ladrão, para tentar protege-lo, DIREITOS HUMANOS, NA VERDADE E DIREITO DOS PEBAS!!!
 
Luiz Carlos de Souza em 28/01/2011 06:52:28
SE FOSSE O CONTRARIO O BANDIDO TIVESSE DADO UM TIRO NO VIGIA, ELE ESTARIA SOLTO. MAS COMO É UMA PESSOA QUE ESTA ALI PRA GARANTIR A SEGURANÇA DA SOCIEDADE DE FORMA PARTICULAR SERÁ INDICIADO, COISA QUE A POLICIA QUE DEVERIA DAR ESSA SEGURANÇA A POPULAÇÃO.
 
FRANCISCO DE ASSIS DIAS em 28/01/2011 01:49:58
Creio quem deve ser indiciado é o ladrão, mas como tudo na vida quem ta certo paga...
e o errado sai livre dos problemas.
Fica ai mais um caso resolvido, sendo que é o ladrao ganha a causa, e o nosso vigia noturno pode ser ate preso. (vergonha)
 
DOUGLAS CORRÊA PASTOR em 28/01/2011 01:19:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions