A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

11/05/2016 22:58

Homem é condenado a 12 anos por ter matado desafeto a facadas em bar

Nyelder Rodrigues

Foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado, hoje (11), Luciano Gaiser da Silva, que matou Gilson Ricardo Pinheiro Moreira, 38, em uma briga de bar no bairro Moreninha 3, na entrada do Parque Jacques da Luz - região sul de Campo Grande.

Ele foi julgado e considerado culpado por homicídio qualificado por motivo torpe. O crime aconteceu no dia 19 de julho de 2015, por volta das 22h, no Park's Bar. Ali, Luciano atingiu a vítima com um canivete por causa de uma desavença anterior motivada por uma dívida.

Gilson chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhado para o CRS (Centro Regional de Saúde) das Moreninhas, mas devido a gravidade dos ferimentos, foi transferido para a Santa Casa. Apesar dos cuidados médicos necessários, ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

No momento do esfaqueamento, a vítima estava jogando sinuca, sendo atingida nas costas e na região do abdômen por Luciano, que fugiu logo em seguida. Luciano foi condenado com maioria de votos por homicídio qualificado, mesmo após a acusação pedir a condenação por homicídio simples.

Já a defesa sustentou as teses de desclassificação para lesão corporal seguida de morte, legítima defesa própria, privilégio do domínio da violenta emoção, logo em seguida injusta provocação da vítima e exclusão da qualificadora.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions