ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Homem encontrado morto às margens do Rio Anhanduí foi preso por furto em abril

O corpo apresentava sinais de lesão na cabeça e rosto, mas a causa da morte ainda é investigada

Por Geisy Garnes | 12/06/2021 14:02
Policiais militares em trecho da Avenisa Ernesto Geisel, às margens do Rio Anhanduí, onde corpo foi encontrado (Foto: Aletheya Alves)
Policiais militares em trecho da Avenisa Ernesto Geisel, às margens do Rio Anhanduí, onde corpo foi encontrado (Foto: Aletheya Alves)

Foi identificado como Sebastião Alves de Lima, de 43 anos, o homem encontrado morto às margens do Rio Anhanduí, na Avenida Ernesto Geisel, na tarde de quinta-feira (10), em Campo Grande. Segundo apurado pela reportagem, o corpo apresentava sinais de lesão na cabeça e rosto, mas a causa da morte ainda é investigada.

Os peritos do IMOL (Instituto Médico e Odontológico Legal) identificaram Sebastião pela digital. Ele foi encontrado por funcionário da Águas Guariroba dentro de um buraco na estação de água da concessionária no Bairro Jóquei Clube. A vítima apresentava lesões no rosto e na cabeça, mas ainda não é possível determinar a causa da morte.

Para a polícia, o funcionário afirmou que é comum o furto de fios na galeria de águas, mas essa hipótese ainda é apurado pela polícia.

Conforme apurado pelo Campo Grande News, Sebastião possuía passagens pelo polícia e em abril deste ano foi detido em flagrante por policiais do Batalhão de Choque após furtar uma oficina mecânica, no bairro Jardim Leblon, em Campo Grande.

Na data, ele tentou escapar da prisão, ele foi visto pelos policiais dentro de um Fiat Punto. Como não conseguia engatar a marcha do carro, despertou a desconfiança a equipe.

Ao ser abordado, Sebastião acelerou o carro em direção aos militares, que atiraram contra os pneus. Ainda assim ele conseguiu dirigir algumas quadras, mas depois perdeu o controle da direção e bateu em um poste. Ainda tentou fugir a pé, mas foi capturado. Com isso acabou confessando que minutos atrás havia encontrado uma oficina mecânica com os portões abertos e resolveu cometer o crime.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário