A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

23/03/2018 18:47

Homem falsificava documentos em "laboratório improvisado" no Tijuca

Homem falsificava cheques e até documentos de suspeitos foragidos da justiça e prisão, suspeita polícia.

Adriano Fernandes e Geisy Garnes
Gerson foi preso em flagrante no imóvel onde falsificava os documentos. (Foto: Geisy Garnes) Gerson foi preso em flagrante no imóvel onde falsificava os documentos. (Foto: Geisy Garnes)

Suspeito de falsificar cheques e até documentos de foragidos da justiça, Gerson Ferreira da Silva, 46 anos, foi preso depois que políciais encontraram um "laboratório de falsificação" improvisado em sua residência no Bairro Tijuca, em Campo Grande.

No local, os policiais encontraram, além de televisor, impressoras adaptadas e e computador com programas especificos para a falsificação de documentos e até lâminas de cheque. Os agentes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) chegaram ao imóvel, na noite desta quinta-feira (22), a partir de denúncias anônimas.

“Ele tanto fabricava novos RGs e carteiras de motorista como alterava os dados de documentos antigos e de folhas de cheque que ele depois tentava trocar, as quantias nos bancos”, informou o delegado João Paulo Sartori. A maioria das lâminas falsificadas era dos bancos Itaú e Banco do Brasil.

Durante as buscas os policiais ainda encontraram uma pistola calibre 388, sem numeração e R$ 500,00 em dinheiro. Gerson também foi autuado em flagrante e irá responder pelos crimes de falsificação de documentos, porte ilegal de armas e estelionato.

Ainda conforme a polícia ele já havia sido condenado pelo mesmo crime em Cuiabá, MT. O suspeito, no entanto, negou que fizesse as falsificações atualmente e disse que os eletrônicos encontrados estavam guardados, desde quando foi descoberto em Mato Grosso.

“Mas essa versão foi descartada por conta dos indícios de falsificações recentes”, conclui Sartori. Dentre os clientes do falsificador a polícia suspeita que poderiam estar até suspeitos foragidos da justiça e do regime semi-aberto.

Televisor, computador e impressores adaptadas para a impressão dos documentos. (Foto: Geisy Garnes) Televisor, computador e impressores adaptadas para a impressão dos documentos. (Foto: Geisy Garnes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions