ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Homem tem quarto incendiado depois de separar briga de pai e filha em hotel

Mulher é suspeita de ter ateado fogo após confusão, mas nega e diz que foi problema na rede elétrica

Por Ana Oshiro e Bruna Marques | 26/05/2022 09:19
Quarto ficou destruído após incêndio na manhã desta quinta-feira (26). (Foto: Henrique Kawaminami)
Quarto ficou destruído após incêndio na manhã desta quinta-feira (26). (Foto: Henrique Kawaminami)

Três pessoas foram encaminhadas para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro depois de um incêndio em um quarto de hotel na Avenida Calógeras, no Centro de Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (26). O local ficou completamente destruído pelas chamas.

Conforme apurado pelo Campo Grande News, durante a madrugada, por volta das 3h, o dono do local, um homem de 65 anos, e a filha dele, de 35 anos, que mora em um dos quartos, começaram a brigar depois que ela teve um surto por uso de entorpecentes.

Mulher foi encaminhada junto com pai e inquilino para delegacia. (Foto: Henrique Kawaminami)
Mulher foi encaminhada junto com pai e inquilino para delegacia. (Foto: Henrique Kawaminami)

O inquilino, de 32 anos, ouviu a discussão e foi separar pai e filha, todos foram levados para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher). A mulher foi liberada antes dos dois homens e quando eles retornaram ao hotel, encontraram o quarto do inquilino em chamas.

"Perdi a paciência de madrugada, quando ela começou a quebrar tudo, bati nela e fomos pra Deam. Ela chegou primeiro que nós aqui de volta e na delegacia, me ameaçou dizendo: 'Eu sou ruim, mas posso ser pior', é muita coincidência a gente chegar e estar pegando fogo", contou o proprietário do local.

De acordo com o apurado pela reportagem, a mulher disse que o fogo começou por problema na rede elétrica, e que teria tentado apagar as chamas, mas não conseguiu. Diante da confusão, os bombeiros acionaram a Polícia Militar.

Ao todo, foram usados mil litros de água para conter o incêndio e a polícia vai investigar como o fogo realmente começou.

Polícia foi acionada pelos bombeiros após confusão no local do incêndio. (Foto: Henrique Kawaminami)
Polícia foi acionada pelos bombeiros após confusão no local do incêndio. (Foto: Henrique Kawaminami)


Nos siga no Google Notícias