ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 18º

Capital

Fogo se alastra em terreno da Base Aérea e fumaça cobre bairro em Campo Grande

Apesar da fumaça, Aeroporto Internacional de Campo Grande opera normalmente

Por Gabrielle Tavares e Mirian Machado | 25/05/2022 14:23
Rua do Residencial Oliveira foi tomada por fumaça do incêndio. (Foto: Paulo Francis)
Rua do Residencial Oliveira foi tomada por fumaça do incêndio. (Foto: Paulo Francis)

Foco de incêndio começou em terreno da Base Aérea de Campo Grande, atrás do Aeroporto Internacional da Capital, no início da tarde desta quarta-feira (25). Equipes do Corpo de Bombeiros estão no local, mas devido à baixa umidade e vegetação seca, o fogo se alastrou e a fumaça cobre praticamente todo o Bairro Residencial Oliveira.

Apesar do incêndio, o aeroporto alegou que a fumaça não afetou as operações e está funcionando normalmente, sem voos cancelados.

A auxiliar administrativa Rúbia Apodaca mora nos fundos do terreno que está pegando fogo e informou que começou por volta das 12h20. Em 26 anos que ela mora no local, é a segunda vez que ocorre incêndio de tamanha proporção.

“Sempre fazem treinamento ali, hoje estavam fazendo a limpeza do terreno, mas não sei como começou. Passou um caminhão da limpeza e logo começou a fumaça. Tive que fechar toda a casa por causa da fumaça, até tirei minha moto de lá, porque de dentro da casa, dá para sentir o calor do fogo”, disse.

Outra moradora da região, aposentada, Alzira de Assis, 60 anos, tem uma horta do lado de casa e afirmou estar com medo do fogo invadir o quintal da residência, onde mora com o marido e o filho.

“Da última vez que pegou fogo, em agosto de 1996, o fogo chegou aqui e destruiu até a horta. Quando vi, avisei no grupo do bairro e já começamos a ligar lá na Base Aérea. Me disseram que estão controlando o fogo para não chegar no paiol da Base”, ressaltou. Paiol é o local onde ficam armazenadas as munições da Base, que pertence ao Exército Brasileiro.

Idosa Alzira de Assis teme que fogo invada a horta de sua casa. (Foto: Paulo Francis)
Idosa Alzira de Assis teme que fogo invada a horta de sua casa. (Foto: Paulo Francis)

Do fundo da residência de Alzira, é possível enxergar as equipes do Corpo de Bombeiros trabalhando com abafadores, viaturas e tratores.

Ainda de acordo com moradores, a área que já foi atingida pelas chamas é grande, já que quando começou, o fogo estava longe das casas que ficam na região e agora, estão se aproximando.

A reportagem do Campo Grande News solicitou informações sobre o incêndio ao Corpo de Bombeiros, mas ainda não obteve retorno.


Nos siga no Google Notícias