A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

15/04/2011 12:27

Homex admite falha e faz acordo para melhorar condições de trabalhadores

Fabiano Arruda

Construtora mexicana executa construção de casas no bairro Paulo Coelho Machado

Prefeito e diretor da Homex falam da obra no Paulo Coelho Machado.(Foto: Simão Nogueira)Prefeito e diretor da Homex falam da obra no Paulo Coelho Machado.(Foto: Simão Nogueira)

A construtora mexicana Homex afirmou, nesta sexta-feira, que a reclamação de funcionários sobre as condições de trabalho nas obras de construção de casas no bairro Paulo Coelho Machado, em Campo Grande, surtiu efeito, que refletiu hoje num acordo assinado entre a categoria e a empresa.

Segundo o diretor da filial da Capital, Dennis Barros, dois pontos ainda precisam ser definidos com os trabalhadores, que ficaram decidir se optam por vale alimentação ou refeitório nas instalações, além de detalhes em relação à remuneração por produtividade.

“O acordo melhora a relação entre empresa e trabalhador, que se mostram satisfeitos com a Homex. Alguns pontos já estavam resolvidos. As obras estão a todo vapor e normalizadas. Viemos para ficar em Campo Grande”, declarou o diretor.

Dennis aproveita para explicar que o terreno onde são construídas as casas no bairro não foi doação da Prefeitura de Campo Grande e que o local custou “alguns milhões”.

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), esteve na empresa nesta manhã e destacou o perfil da Homex em construir casas em regiões de periferia nas cidades, o que “muda o perfil da região”.

Cerca de 700 trabalhadores atuam no empreendimento. Pelo menos 92 casas devem ser entregues neste primeiro semestre. Ao todo são 1,7 mil casas na primeira fase. Há previsão de outra etapa com a construção do mesmo número de residências.

O diretor Dennis Barros falou ainda que o período de chuvas atrapalhou o cronograma de finalização das obras e que, por conta disso, a previsão para conclusão “ficou difícil”. Barros também revelou que a construtora estuda outros bairros de Campo Grande para novos empreendimentos.

Construtora mexicana diz que estuda outros bairros para novos empreendimentos na Capital.Construtora mexicana diz que estuda outros bairros para novos empreendimentos na Capital.
Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


O meu apartamento veio com o teto tudo torto,sem gesso,e no contrato esta escrito teto liso com gesso,eles vão ter que colocar,se não vão ver,e sem falar que estão cobrando a prestação de janeiro sendo que nem tinha a chave,peguei no dia 17 de janeiro,nem completou o mês e tenho que pagar desse mês tbm. Isso é sacanagem mesmo.
 
Cristiane F.Spengler em 07/02/2012 08:12:07
Não entendo como uma empresa , diz que vai contruir mais casa sendo que , nem conseguiram fazer direito a primeira etapa , recebi a minha casa na data estipulada , porem eu tive que fazer a vistoria para verificar se tudo estava conforme me foi vendido,
....... só decepção as janelas com travas todas danificadas e o responsavel diz que , isto não será trocado , o forro estava toda com defeito além de sujo , foi feito o reparo (o mesmo foi groseiramente colado ( o o responsavel diz que não será trocado , na primeira chuva ja teve goteira ( eu terei que acionar o setor de qualidade ...... este setor nem teve o trabalho de fazerem a vistoria antes da entrega ... sinto pelas pessoas que movidos pela emoção não se atentaram a esses detalhes ) graçãs a Deus tirei varias fotos e quem quizer visitar meu apto antes de comprar irei levar já irei para o PROCON .
 
alcides gonçalves em 31/08/2011 09:41:52
Em minha é alguém querendo manchar o nome da empresa por motivo politico ou econômico.
O poder publico deve incentivar este tipo de projeto no qual desenvolve as regiões e as construtora investir em aperfeiçoamento construtivo e projetos que não somente constroem casas e sobrecarrega as escolas, postos de saúde e vias de acesso.
 
Marina Klein em 18/04/2011 07:50:07
Realmente a empresa não é ruim, tenho amigos que trabalha nela, a empresa fornece lanche e almoço e janta o salario não atrasa fornece EPI`s tem Engenheiro e técnico de segurança no trabalho, enfermeiro e medico, socorrista e ambulância.
Fiquei sabendo que ontem teve a visita do Ministério do Trabalho e não há necessidade de embargo da obra e sim adequações para cumprir alguns itens.
 
Gabriela Bertoluci em 16/04/2011 10:12:03
O prefeito tem que se preocupar com tudo que se impacta no desenvolvimento da cidade, como geração de empregos expansão e desenvolvimento das regiões.
No projeto da Homex será construída uma escola, com a implantação deste residencial esta valorizando a região onde eu moro e tenho um pequeno comercio.
Todos os comerciantes da região estão ansiosos com a implantação devido ao aumento de clientes.
A cidade precisa de mais projetos deste nível, que traga desenvolvimento e não somente entrega casas sem as infraestruturas básicas.
 
Mario Cezar em 16/04/2011 08:06:09
Estamos estabilizados há 6 anos no ramo de alimentação, próximos a obra, já atendemos alguns funcionários do escritório e obra, gostariamos de fornecer mais refeições.
 
Maria Antonia Barbosa Martins em 16/04/2011 01:20:50
O que prefeito ta fazendo na obra, sera que não tem mesmo algo de errado, hummmmmmmmm.
 
Erasmo Acunha em 15/04/2011 01:37:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions