ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Hospitais de Campo Grande pedem acesso a R$ 6,5 milhões em emendas parlamentares

Santa Casa foi a que pediu maior valor do montante; Sesau também está na lista de quem pede

Por Cassia Modena | 12/04/2024 12:26
Santa Casa de Campo Grande pediu R$ 2,5 milhões para serviços de média e alta complexidade (Foto: Campo Grande News/Arquivo)
Santa Casa de Campo Grande pediu R$ 2,5 milhões para serviços de média e alta complexidade (Foto: Campo Grande News/Arquivo)

A Santa Casa de Campo Grande, o Hospital de Câncer Alfredo Abrão e a Maternidade Cândido Mariano, além da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), estão pedindo acesso ao montante de R$ 6.580.000 convertidos em emendas parlamentares, que poderão ser transferidos em forma de incremento para custear gastos com saúde no SUS (Sistema Único de Saúde).

Publicada na edição de hoje (12) do Diário Oficial de Mato Grosso do Sul, resolução conjunta assinada pelo secretário estadual de Saúde, Maurício Simões, e o conselho dos secretários municipais das 79 cidades do Estado, autoriza as instituições a pleitearem o uso da verba pública junto ao Ministério da Saúde.

A Santa Casa teve aprovados dois pedidos que somam R$ 2,5 milhões em incremento para o serviços de média e alta complexidade. Para o mesmo fim, pedem R$ 500 mil ao Hospital de Câncer Alfredo Abrão e também R$ 1,5 milhão à Maternidade Cândido Mariano.

Já a Sesau conseguiu aprovação para pedir R$ 2 milhões que poderão custear a mesma modalidade de serviços prestada pelos hospitais e mais R$ 80 mil para as unidades de atenção primária ou básica à saúde.

Agora, as propostas serão cadastradas pelos gestores solicitantes para serem avaliadas pelo Ministério da Saúde. Mesmo já tendo sido destinados ao SUS, os recursos de emendas parlamentares dependem de autorização federal.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias