A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

26/09/2016 21:35

Hospital Regional recebe debate sobre a hemofilia nesta terça-feira

Nyelder Rodrigues

Acontece nesta terça-feira (27), a partir das 8h, o Encontro sobre Profilaxia e Autoinfusão na Hemofilia, evento realizado pelo HR (Hospital Regional) de Mato Grosso do Sul em parceria com a Federação Brasileira de Hemofilia. O palco do evento é o próprio hospital, que fica na avenida Eng. Lutero Lopes, 36, bairro Aero Rancho - região sul de Campo Grande.

Conforme a organização, o encontro terá palestras sobre o reconhecimento de sangramentos e profilaxia, tratamento que previne a ocorrência de sangramentos e possibilita qualidade de vida às pessoas com hemofilia.

Além disso, haverá espaço para perguntas e respostas para os participantes, que vão desde profissionais da saúde, até pacientes que sofrem com esse problema. Também haverá treinamento e parte prática de autoinfusão com braço simulador para reconstituição de amostras dos fatores de coagulação e punção venosa.

"O evento é uma oportunidade de aprendizado, esclarecimento e também interação entre as pessoas que possuem a mesma coagulopatia", destaca Mariana Battazza Freire, presidente da Federação Brasileira de Hemofilia.

Em Mato Grosso do Sul, a estimativa da SES (Secretaria de Estado de Saúde) é que aproximadamente 150 pessoas estão diagnosticadas com coagulopatias. A hemofilia é uma disfunção crônica, genética e não contagiosa, sendo que 1/3 dos casos ocorre por mutação genética e 2/3 por hereditariedade.

Existem dois tipos, que podem ser classificados entre leve, moderada e grave. A hemofilia A, que representa 80% dos casos, ocorre devido à deficiência do fator VIII (FVIII). Já a hemofilia B ocorre pela deficiência do fator IX (FIX).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions