A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/07/2013 12:00

HU garante que adotou medidas para resolver falhas apontadas pelo TCU

Aline dos Santos

O HU (Hospital Universitário) Maria Aparecida Pedrossian, em Campo Grande, informa que tomou medidas para corrigir irregularidades apontadas no relatório do TCU (Tribunal de Contas da União). O órgão detectou falhas no monitoramento nas áreas de licitações e má distribuição de atividades.

Conforme a assessoria de imprensa, a direção do hospital trabalha para “reestruturar e otimizar os processos conforme os apontamentos dos órgãos auditores. Inclusive, já é realizado monitoramento da área de licitações e contratos”.

O HU, que pertence à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e será administrado pela Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), é um dos protagonistas da operação Sangue Frio, realizada em março pela PF (Polícia Federal). A ação investiga o desmonte da rede pública de radioterapia para privilegiar o setor privado.

As auditorias em 23 hospitais universitários foram realizadas também a partir de março, quando o Fantástico, da Rede Globo, exibiu denúncias relativas ao Hospital Pediátrico da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

 

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions