A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Abril de 2019

26/01/2019 13:18

Imagens mostram trecho de negociação com pecuarista que atirou 13 vezes em bar

Antes de acionar Núcleo de Negociação do Bope, militares da Rotac do Batalhão de Choque tentaram falar com o morador

Danielle Valentim
Policiais militares da Rotac do Batalhão de Choque no quintal da residência. (Foto: Reprodução/Vídeo)Policiais militares da Rotac do Batalhão de Choque no quintal da residência. (Foto: Reprodução/Vídeo)

Uma verdadeira força-tarefa antecedeu a prisão de um pecuarista de 48 anos, que na noite de ontem (25) disparou 13 tiros para o alto em um bar da Rua da PazArmado, o homem tentou escapar da polícia se trancando em casa com a filha de 9 anos. Um vídeo divulgado pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar, mostra um trecho da negociação entre o morador e militares da Rotac (Rondas Ostensivas Táticas e de Choque).

Equipe do 1º Batalhão da Polícia Militar fazia rondas no Centro, quando recebeu a informação de quem um homem havia feito disparos em frente ao estabelecimento e, em seguida, entrado em sua residência localizada na mesma rua.

Um policial civil que estava no local presenciou os disparos e viu quando o suspeito entrou na casa. Os militares cercaram o imóvel e o agente abriu o portão elevação. Ninguém foi localizado no quintal, mas os militares perceberam movimentação em um dos quartos.

A primeira a abordagem foi descrita no boletim de ocorrência:

_ “Senhor, aqui é a Polícia Militar! Abra a porta e saia com as mãos na cabeça ou onde podemos vê-la. Tem mais alguém na casa, além de você?”

A segunda tentativa de contato já foi feita por militares da Rotac, como mostra um trecho do vídeo abaixo. As ordens também não foram respondidas e a equipe decidiu entrar na residência. No entanto, antes de entrar no cômodo, a voz de uma possível criança foi ouvida e a equipe recuou. O comando da Rotac constatou a situação de crise e o Núcleo de Negociação do Bope foi chamado e negociadores foram até a residência.

Após novas tentativas, os militares do Bope entraram no quarto. O morador estava com uma pistola 9 mm de uso restrito, de fabricante não identificado, porém com inscrições FM M 95-Classic, de numeração 453426, um carregador e duas munições intactas. No local dos disparos foram recolhidas 12 munições deflagradas, totalizando 14 munições ao todo.

Além do crime de disparo de arma de fogo de uso restrito, o homem responderá por abandono de incapaz, já que a filha ficou sozinha em casa, enquanto ele bebia com amigos e a namorada.

Assista ao vídeo:



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions