A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/07/2016 08:59

Índios fazem acordo com a PRF e liberam parcialmente rodovia

Luana Rodrigues e Chloé Pinheiro
PRF propôs acordo para indígenas liberarem BR- 163 a cada 10 minutos. (Foto: Chloé Pinheiro)PRF propôs acordo para indígenas liberarem BR- 163 a cada 10 minutos. (Foto: Chloé Pinheiro)

Indígenas aceitaram adotar o esquema "pare e siga", durante a manifestação na rodovia BR-163, interditada desde o início da manhã de hoje (21). Conforme o acordo entre os índios e a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a cada 10 minutos, um dos sentidos da rodovia será liberado para a passagem dos veículos.

Os índios bloquearam a rodovia em protesto ao caos da saúde nas aldeias. Conforme informações do cacique terena da aldeia Ipegue de Aquidauana, Chico Ramiro, desde que o coordenador do Dsei (Distrito Sanitário Especial Indígena) foi trocado, há cerca de cinco meses, a qualidade do serviço de saúde caiu e a mortalidade infantil na aldeia praticamente dobrou.

“As prateleiras de remédios estão vazias, os carros que nos atendiam estão parados ou quebrados e já aconteceram mortes por falta de transporte para o hospital”, disse o terena, Janio Reginaldo, que vive na terra indígena Buriti, em Sidrolândia.

A subsecretária de políticas públicas para indígenas, Silvana Dias de Souza, está no local e já convenceu os indígenas a montarem uma comissão para conversar com o governador Reinaldo Azambuja e chegar a um acordo.

Mesmo com a definição do horário da reunião, os indígenas disseram que vão continuar com o bloqueio o dia todo.



Até a hora que um caminhoneiro cheio de contas para pagar e com familia para sustentar enfiar o caminhão por cima e trazer uns par de indios grudados no parachoque até o centro da cidade. Ai vão dizer que o motorista é terrorista do Estado Islamico.
 
Alex André de Souza em 21/07/2016 22:06:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions