A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/05/2012 19:57

Investigação sobre morte provocada por rivalidade entre jovens são encerradas

Nyelder Rodrigues

As investigações sobre a morte do jovem Maik Jonhy Santos Barbosa, de 22 anos, foram encerradas pela Delegacia Especializada de Repressão a Homicídios (DEH), em Campo Grande.

Vítima de homicídio doloso em 2009, com um tiro na cabeça na véspera do natal, no Bairro São Jorge da Lagoa, Maik foi morto, por Luis Carlos de Lima, de 24 anos, conhecido como Serra, e um homem hoje com 19 anos, mas que era menor de idade na época.

O motivo do crime foi classificado como fútil, já que autores e vítima pertenciam a grupos rivais da região do São Jorge da Lagoa. Conforme a investigação, Serra e o adolescente encontraram Maik e o adolescente, portanto um revólver calibre 38, disparou um tiro que atingiu a vítima na cabeça.

A investigação também aponta que o pai de Serra, Gerson Luis de Lima, de 55 anos, escondeu o revólver usado no homicídio, configurando assim crime porte ilegal de arma de fogo. Já Serra nega que seja o autor da morte, mas admite que estava junto com o adolescente na ocasião.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions