A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 27 de Junho de 2019

22/07/2017 09:50

Investigação toma novo rumo e polícia encerra buscas por corpo em rio

Renata Volpe Haddad e Yarima Mecchi
Corpo de Bombeiros buscava por corpo desde às 5h30 deste sábado (22). (Foto: Marcos Ermínio)Corpo de Bombeiros buscava por corpo desde às 5h30 deste sábado (22). (Foto: Marcos Ermínio)

O delegado Paulo Sérgio Lauretto, que investiga o caso do desaparecimento de Kauan Andrade Soares dos Santos, 9 anos, mandou encerrar as buscas do rio Anhanduí, por volta de 9h30 deste sábado (22). A informação repassada para a família é a de que as investigações tomaram um novo rumo.

A tenente do Corpo de Bombeiros, Juliana Ribeiro, disse apenas que por solicitação do delegado, as buscas estão suspensas. Ela não deu mais nenhuma informação sobre os motivos do encerramento. Apenas um saco preto com resto mortais de cachorro foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros dentro do rio.

As buscas eram feitas por 15 militares que percorreram o rio por quatro horas de hoje, desde a ponte da avenida Campestre até a ponte do hospital do Pênfigo.

Segundo o cabeleireiro amigo da família, Emerson Legui Samon, a informação repassado do delegado para a família é de que a estratégia da investigação foi alterada. "Falaram também que o Kauan pode não ter sido jogado no rio".

Caso – A informação sobre o suposto corpo foi passada ao delegado por um suspeito, que estava preso na delegacia e confessou ter matado uma criança há alguns dias e atirado o cadáver em trecho do rio na avenida Thirson de Almeida, continuação da Ernesto Geisel.

Desaparecimento - Kauan está desaparecido desde 25 de junho, quando saiu de casa, no Jardim Colorado, em Campo Grande, para brincar com os amigos. Desde então, não há informações sobre seu paradeiro, o que traz o desespero aos familiares.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions