ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 32º

Capital

Irmão de detento contrata guincho para levar carro com droga e é preso

Raphael teve a prisão preventiva decretada após contratar um guincho para levar carro com maconha até Minas Gerais

Por Ana Paula Chuva | 26/10/2020 17:07
Droga encontrada no veículo que seria levado para Minas Gerais. (Foto: Divulgação | PM)
Droga encontrada no veículo que seria levado para Minas Gerais. (Foto: Divulgação | PM)

A Justiça decretou nesta segunda-feira (26) a prisão preventiva de Raphael Wiliam Paim Silva, 20 anos, por tráfico de drogas. Ele é  irmão de um interno do Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande e contratou um guincho para transportar um veículo com drogas até Minas Gerais.

De acordo com o registro policial, Raphael foi até a empresa de guincho para entregar o carro que seria levado para a cidade de Uberlândia acompanhando um homem identificado como Alberto Rodrigues Nunes, que estaria usando documentos falsos.

No momento em que entregaram o carro, o motorista do guincho desconfiou da situação e então acionou a polícia que foi até o local e na primeira busca não encontraram nada. Os policiais então usaram cão farejador que detectou a droga no banco traseiro do veículo.

Foram encontrados no compartimento abaixo do banco 18 sacos com 7,24 quilos de maconha.  Aos policiais o motorista do guincho contou que pegou o veículo em uma casa na Avenida 9 do bairro Nova Campo Grande, onde Raphael foi preso.

Em seu depoimento, Raphael contou que é  irmão de um interno da Máxima, ligou avisando que o carro seria levado até ele para que entregasse ao guincho que faria o transporte. Identificado como “Blade”, o rapaz se apresentou com o documento de Alberto e foi com Raphael entregar o veículo.

“Blade” não foi localizado e Raphael teve a prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (26). O motorista do guincho foi ouvido e liberado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário