A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/04/2013 20:50

Jovens dizem que foram agredidos por policiais no bairro Dom Antônio

Nyelder Rodrigues e Helton Verão
Edison mostra cicatrizes que ficaram após suposta agressão policial (Foto: Pedro Peralta)Edison mostra cicatrizes que ficaram após suposta agressão policial (Foto: Pedro Peralta)

Cinco jovens moradores do bairro Dom Antônio Barbosa reclamam que foram vítimas de agressão e abuso policial na noite de quarta-feira (10), na rua Manoel Marcelino Rodrigues.

Quatro deles eram adolescentes menores de 18 anos, enquanto Edison Landin Gomes, de 27 anos, era o único maior de 18. Ele chegou a ficar preso, sendo liberado na madrugada.

Conforme Edison, eles estavam em frente a casa dele, quando uma equipe da Polícia Militar (PM), com nove homens, chegou e abordou os jovens. Durante o procedimento, um dos policiais atirou o celular de Edison no chão, e ele perguntou por que havia feito aquilo.

Logo em seguida, outro policial teria pegado outro celular da cadeira e jogado também no chão, e perguntado ainda o que o grupo de jovens faria.

Edison disse que para evitar confusão, pegou o celular do chão e foi entrar em casa, porém, os policiais o imobilizaram com um golpe no pescoço, sendo arrastado para a viatura. Já os adolescentes teriam sido agredidos com socos e chutes.

Além disso, Edison conta que a mulher dele, que recém passou por um parto, pediu para os policiais pararem com as agressões, mas ela teria sido empurrada por um deles, mesmo estando com o bebê no colo.

Uma das mães dos adolescentes que teriam sido agredidos, Célia da Silva Santos, de 36 anos, e moradora do Dom Antônio há 18 anos, afirmou o filho dela sofreu recentemente um acidente de moto, e ficou com o joelho machucado. Por causa das agressões, o joelho ficou pior.

Edison foi preso por desacato e encaminhado à Depac Piratininga, onde ficou preso até a madrugada. Ele afirma já ter ido à Corregedoria da Polícia Militar para registrar e denunciar o caso.

Conforme o registro de Boletim de Ocorrência (BO), a equipe policial fazia rondas quando percebeu a atitude suspeita do grupo, e durante a abordagem, Edison teria dito “esconde a arma e vamos pra parede”.

Logo depois, foi dada a ordem para ele erguer a mão, mas ele se recusou e afirmou que conhecia os direitos dele, ofendendo os policiais ao dizer “vêm me fazer levantar as mãos seus porcarias”.

Ao ser preso, ele resistiu e teria dado cotoveladas nos policiais, voltando a xingar e ameaçá-los. Entretanto, no registro nenhuma referência é feita a atitude dos demais membros do grupo, nem a mulher de Edison.



O Presídio esta cheio de INOCENTE... ninguém nunca fez nada.
Qual o horário da ocorrência??? O que um menor de idade, esta esta fazendo até tarde da noite/madrugada, em maloca?
Nesse pote tem formiga....
 
Juan Charlymoon em 12/04/2013 09:50:37
Acho que deveria acabar com a policia militar, pois se ela não atua é omissa, se atua é truculenta e despreparada. Acho que a população deveria se virar sozinha pois sempre criticam tudo que a polícia faz. Acho que comentários como esse feito pelo senhor Rafael Alves são de quem conseguem viver sem a ajuda da policia, até porque acho que já se esqueceram de que esses coitados que ficam de "bobeira" na rua geralmente são os causadores de tiroteios e mortes na "pacata e ordeira" região do Dom Antonio.
 
Claudiney Alves em 12/04/2013 09:49:27
DESPREPARO TOTAL DA POLICIA,POLICIA NAO PODE AGREDIR,APENAS PRENDER SE NECESSARIO.
 
RAFAEL ALVES em 11/04/2013 23:52:13
Esses policiais hem, porque ficam por ai abordando "menores" em frente de suas casas, ta vendo que eles nao fazem mal a ninguem. Coitados, ainda jogaram os celulares deles no chão, que desaforo. E tem mais eles sabem dos direitos deles, e gritam sempre que veem uma autoridade " sou Di menor". Para quem nao sabe ou tem memoria curta, são nessas abordagem que a policia consegue evitar muita coisa. E parabens aos militares, a policia tem que ser respeitada, ela esta, para proteger e prevenir. Esses individuos tem que dizer sim senhor e nao senhor, apenas responder o que lhe é perguntado, agora achar que pode ficar desaforando policia e ficar por isso mesmo. Imaginam voces, assumir o plantao, trabalhar com o nivel de stresse altissimo e ter que ficar aguentando desaforos. È ruim hem.
 
alex souza em 11/04/2013 22:49:14
eu acho que essas pessoas ta devendo, acredito que a polícia está fazendo seu dever que é cuidar da população.
 
RAFAEL SOUZA em 11/04/2013 22:38:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions