A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

02/07/2014 14:55

Júri condena a 14 anos de prisão homem que matou adolescente após empurrão

Edivaldo Bitencourt

Luiz Antônio Camargo Egídio, 29 anos, foi condenado a 14 anos de prisão pelo assassinato de Emerson Andelucci da Silva, 17, ocorrido no início da madrugada de 9 de abril de 2011. A sentença é do juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos.

O júri popular julgou o homem culpado pelo assassinato ocorrido após um suposto empurrão na Rua Tambiá, no Jardim Manaíra, em Campo Grande. O julgamento ocorreu na manhã de hoje no Tribunal do Júri da Capital.

Os advogados de defesa do réu, Fernando Ortega e Giusepe Favieri, tentaram atenuar a pena, alegando homicídio privilegiado e forte emoção. A defesa afirmou que existia uma rixa antiga entre os envolvidos, já que o pai da vítima esfaqueou o réu. O magistrado acatou os atenuantes e reduziu a pena de 16 para 14 anos.

O réu fica preso e poderá recorrer da sentença enquanto cumpre a pena em regime fechado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions