A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

31/05/2011 14:28

Justiça ouve dia 16 motorista de ônibus baleado em janeiro

Nadyenka Castro

Crime aconteceu no Dom Antônio

Max é apontado como autor dos tiros que feriram o motorista de ônibus. Ele foi preso 18 dias após o crime.(Foto: João Garrigó)Max é apontado como autor dos tiros que feriram o motorista de ônibus. Ele foi preso 18 dias após o crime.(Foto: João Garrigó)

Vítima de tentativa de homicídio no dia 1º de janeiro deste ano, em Campo Grande, o motorista de ônibus Edson Bazan prestará depoimento à Justiça no próximo 16.

Na mesma audiência, marcada para começar às 13h30min, na 2ª Vara do Tribunal do Júri, serão ouvidas em juízo mais cinco pessoas.

Max Ferreira da Silva, apontado pela Polícia Civil como autor dos tiros que feriram Edson, será interrogado no dia 30, a partir das 15h45min, no mesmo local.

O motorista foi atingido por quatro tiros: dois no braço esquerdo, um no abdômen e um na coxa. Ele dirigia o ônibus que fazia a linha Dom Antônio Barbosa e em um determinado momento o coletivo foi atingido por pedradas.

Edson saiu do ônibus e foi então surpreendido por Max e por um adolescente. A vítima chegou a lutar com os autores e só não foi ferido por mais tiros porque o revólver calibre 22 falhou. A arma foi apreendida.

Max disse à Polícia que o cometeu porque no dia anterior o trabalhador havia passado com o ônibus por cima de sua bicicleta e ainda batido nele com a marreta que usa para conferir se os pneus estão cheios.

Roubo- Cinco dias antes do atentado, o ônibus que Edson Bazan conduzia foi assaltado na mesma região.

O autor do crime, Flávio José Pires Costa, está preso e foi condenado a dois anos e nove meses de prisão em regime semiaberto. Entretanto, permanece no regime fechado para manutenção da ordem pública.



Esse homens trabalhadores,realmente correm risco de morte diarimante nos itinerários que fazem.
Faz necessário uma ação mais eficaz,para preservar a vida dos motoristas do transporte coletivo.Eles ficam muito vulneráveis, a esses marginais que circulam em busca de dinheiro para saciar seu vício.
Hoje ficou mais complicado,pois muitas das vezes estão só,sem um cobrador que de certa forma passaria um pouco de segurança.
As empresas precisam investir, URGENTEMENTE na segurança desses bravos homens.
O "direito do manos",também deveriam agir mais,ajudando as vítimas dos Bandidos que tanto protegem.Alguém foi visitar esse motorista baleado?e se o motorista tivesse reagido e matado o Pilantra?
 
NEYDE DE OLIVEIRA em 31/05/2011 08:56:18
E fácil falar mal dos motorista, mas ninguem toma providencia sobre os roubos que acontece todos os momento agora estão roubando em plena luz do dia, logico que este individuo vai se defender, os motorista não tem segurança e logo logo este individuo vai esta na rua roubando novamente, e os motorista são culpados tem sim que passa em cima do pé porque na hora de atira ele não penso em nada, porque não tem nada a perde, segurança já para os motoristas....
 
rafaela pinheiro em 31/05/2011 05:20:13
Ester, existem muitos, mas não todos. E se for da um tiro em todos que são mal educados ou em algum momento falta com o respeito, mais da metade do mundo ia morre baleado!
 
Aline Alves em 31/05/2011 03:50:50
É fácil descer a lenha nos motoristas de ônibus, mas o que muita gente não sabe é que eles tem horário a cumprir, normas a serem cumpridas que se não são é feito um relatório pelos fiscais e os mesmos são chamados pela empresa pra serem advertidos. Eles estão ali porque precisam, transportam vidas e colocam a própria vida em risco... Sou filha de motorista do transporte coletivo sim com MUITO ORGULHO...Já cansei de ver e ouvir muitas pessoas ofendendo, humilhando entre muitas outras coisas os motoristas...é uma profissão digna de muita admiração. Tem muitas outras coisas que precisam estar entre os noticiarios e não estão!!!
 
Machado Rodrigues! em 31/05/2011 03:50:08
nao defendo bandido, mas esta tendo muito motorista abusado s/cursos para trablhar c/pessoas, olha a reportagem da moça que ficou presa na catraca e teve hematomas no corpo pq o motorista nao deixou ela descer pela porta dianteira.isso e o que lemos e muitos que os fiscais e motoristas abusam de crianças e idosos, falta de respeito total, com as pessoas, tem que punir o rapaz sim errou tem que pagar, mas o motorista tb merece puniçao, se fez isso imagina algo mas que nao denunciaram.
 
ESTER REIS em 31/05/2011 03:08:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions