A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/05/2011 22:21

Ladrão rouba 4 lojas no centro, uma ao lado da outra

Paulo Fernandes e Ana Paula Carvalho
Até fraldas foram furtadas pelo ladrão (Foto: João Garrigó)Até fraldas foram furtadas pelo ladrão (Foto: João Garrigó)
História repetida: ótica também foi invadida pelo telhado; dono ainda não calculou o prejuízo (Foto: João Garrigó)História repetida: ótica também foi invadida pelo telhado; dono ainda não calculou o prejuízo (Foto: João Garrigó)

Em um mês, um ladrão cometeu furtos em 4 lojas do mesmo quarteirão, na rua 7 de Setembro, no centro de Campo Grande. Os estabelecimentos comerciais ficam um ao lado do outro e os prédios pertencem ao mesmo dono.

Todos os furtos aconteceram da mesma maneira e até agora ninguém foi preso.

O ladrão entra pelo telhado. Ele quebra as telhas e o forro de PVC.

Após o furto, o ladrão foge novamente pelo telhado.

Em todas as cenas do crime ele deixa rastros, como as marcas dos pés nas paredes.

Os furtos aconteceram em dois salões de beleza, em uma ótica e uma loja de fraldas e roupas de bebê.

No dia 2 aconteceu o 1º furto. Ele invadiu um salão de beleza e levou R$ 450 em produtos. No dia 9, ele invadiu o mesmo salão e o do lado e levou tudo.

"Não quero mais ficar aqui. Não tenho mais nada. Chega cliente e eu não tenho como atender”, lamenta a cabeleireira Cleuza Claro Barbieri, de 48 anos.

Ela afirma que vai conversar com proprietário do imóvel porque está decidida a desistir do negócio se não tiver mais segurança no local.

Na madruga desta segunda-feira, o ladrão invadiu a ótica e a loja de produtos para bebês. Isto, após o dono dos prédios ter colocado cerca elétrica em volta do telhado.

Ainda assim, o ladrão conseguiu invadir as lojas da mesma maneira.

Dono da ótica, Vilson da Silva Neves, de 67 anos, disse que o criminoso levou relógios, jóias, semi-jóias e óculos de sol.

Não é a primeira vez que a ótica é furtada. “No ano passado levaram R$ 20 mil em jóias, durante o dia”, conta.

Na loja de bebê, o ladrão furtou R$ 500 em fraldas e roupas de bebê. A loja tem circuito interno, mas não registrou a ação do ladrão por causa da oscilação de energia elétrica.

A gerente Vanessa Pereira, 23 anos, está indignada com a falta de segurança no centro de Campo Grande. “Nós pedimos o mínimo de segurança que eles (poder público) são obrigados a fornecer”, afirmou.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


é um absurdo mesmo o que ocorre em nossas cidades. Sou comerciante e estamos a merce desse bandidos e da falta de segurança que é uma obrigadação do Poder Publico. Pagamos tantos impostos e somos tratados pior que os bandidos. Um descaso total. Precisamos nos unir e tomar providencias, porque somos nos comerciantes que mais geramos empregos e riquezas nesse Estado.
 
Renata Furtado em 24/05/2011 10:54:01
Enquanto ás autoridades não tirar de circulação, aqueles grupo de pessoas que ficam se drogando e se prostituindo naquela rua, com certeza continuarão os comerciantes tendo prejuizo.
 
sales filho em 24/05/2011 08:30:00
ACORDA EMPRESÁRIO, SUA FUNÇÃO É PAGAR IMPOSTOS E SEREM CHAMADOS DE SONEGADORES PELO FISCO. MANTER ESSA MAQUINA PODRE DO ESTADO!!!
BANCAR O BOLSA FAMILIA E REGALIAS A POLITICOS!!
ATÉ QUANDO NOS EMPRESÁRIOS VAMOS ATURAR ESSE DESCASO COM A NOSSA CLASSE, CLASSE ESSA QUE SUSTENTA O PAÍS E SOMOS TRATADOS COMO EMPREGADOS DO ESTADO!!! CHEGA TEMOS QUE FAZER ALGUMA COISA OU VOCÊS ACHAM QUE OS POLITICOS VÃO MELHORAR AS NOSSAS CONDIÇÕES DE TRABALHO EM DETRIMENTO DA DELES!!!!!!!!! ACORDA BRASIL!!!!! DESCASO TOTAL!!!!!!!!! E FICAMOS QUIETOS!!! SOMOS BURROS D++++!!!
 
Lucas Mota em 24/05/2011 01:41:37
É o que sempre digo: Se houvessem constantes rondas pela cidade e abordagem de cidadãos em atitude suspeita muitos crimes seriam evitados. O que resta para os lojistas agora é ficar dentro da loja fechada com uma arma em mãos, o ladrão desceu pelo forro sapeca ele!!!!
 
Wellington Sampaio em 23/05/2011 10:41:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions