A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/09/2014 08:27

Ladrões quebram vidraças e furtos viram rotina no Centro da Capital

Comércio do centro de Campo Grande vive onda de furto nos últimos meses

Francisco Júnior
Sorveteria colocou grades na entrada para evitar a ação dos bandidos. (Foto: Francisco Júnior)Sorveteria colocou grades na entrada para evitar a ação dos bandidos. (Foto: Francisco Júnior)

Uma onda de furtos vem sendo registrada nos últimos meses no comércio  da região central de Campo Grande. O que chama atenção em alguns casos é o fato de que os bandidos quebram a vitrine de lojas e escritórios para ter acesso ao estabelecimento.

Para se ter uma noção da audácia dos criminosos, uma sorveteria que fica na Avenida Afonso Pena, principal via da cidade, já foi alvo de furto quatro vezes em apenas dois meses, e em todas as vezes o local teve a vitrine quebrada.

O primeiro furto aconteceu no dia 14 de junho, 12 dias depois foi registrado outro, em 13 de agosto novamente entraram no estabelecimento para furtar, dois depois a situação se repetiu. Foram levados dinheiro que havia no caixa e aparelhos eletrônicos.

Para tentar coibir ação dos bandidos, a gerência da sorveteria vai colocar grades em todos os acessos aos estabelecimento.

Essa medida de proteção também vai ser tomada pela direção de uma empresa que vende consórcio. O escritório, que fica na Rua Pedro Celestino, a duas quadras da sorveteria, teve uma televisão furtada na madrugada do dia 29 de agosto.

O escritório se mudou para aquele endereço há dois meses. Da mesma forma como aconteceu na sorveteria, os bandidos quebraram a vitrine para entrar.

 

 

Tapumes foram colocados após vitrine ser quebrada em cafeteria. (Foto: Francisco Júnior)Tapumes foram colocados após vitrine ser quebrada em cafeteria. (Foto: Francisco Júnior)

Ação semelhante ocorreu em uma cafeteria localizada na Rua 13 de Junho. No último dia 26 de agosto, durante a madrugada, um grupo de rapazes quebrou a vitrine, invadiu o local e roubou o caixa que continha R$ 400 reais. Foi o terceiro furto registrado no estabelecimento nos últimos três meses.

A reportagem não divulgou o nome das empresas a pedido dos gerentes e proprietários.

Corriqueiro - De acordo com o presidente do Conselho de Segurança do Centro, Adelaido Espinosa, nos últimos meses lojas da Rua 14 de Julho, principal centro comercial da cidade, também foram alvos de furtos, entre elas estabelecimentos que vendem aparelhos eletrônicos.

Conforme o presidente, os comerciantes estão preocupados com essa situação e cobram uma atitude dos órgãos de segurança. “Não é um problema de eficiência, mas de estrutura. Tem policial que deixa de tirar folga para cuidar das ocorrências. Não é culpa da Polícia Civil ou da Polícia Militar, é preciso mais investimentos na área da segurança para isso mudar”, afirmou Espinosa.

Segundo ele, que também faz parte da diretoria da Associação Comercial de Campo Grande, a criminalidade em que os comerciantes são expostos é assunto reconte nas reuniões da associação.

O delegado da 1ª Delegacia da Capital, Said Monteiro, afirmou que a polícia já está investigando esses casos e que os policiais trabalham para identificar e prender quem vem cometendo esses furtos.

O delegado afirma que ainda é cedo para dizer se todos os furtos são cometidos pelo mesmo bandido. “ modus operandi é igual, mas não é possível dizer que uma pessoa cometeu todos os crimes”, explicou.

Dados da Sejusp (Secretaria de Justiça de Segurança Pública) apontam que de 1ª de junho deste até esta quinta-feira (4) foram registrados 3627 furtos em Campo Grande.

Escritório de empresa que vender consórcio também foi alvo de bandidos. Vitrine foi quebrada no dia 29 de agosto.(Foto: Francisco Júnior)Escritório de empresa que vender consórcio também foi alvo de bandidos. Vitrine foi quebrada no dia 29 de agosto.(Foto: Francisco Júnior)


É óbvio !
Não existe policiamento na cidade. À noite então, estamos entregues a própria sorte!
Salve-se quem puder!
O Estado é inoperante, estando o cidadão desprotegido completamente.
 
henrique luiz mayer nunes em 06/09/2014 12:43:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions