ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  19    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Lançado edital para nova etapa de revitalização das ruas do Centro

Nesta fase, revitalização engloba Avenida Calógera e ruas 26 de Agosto, Barão de Melgaço, Antônio Maria Coelho e Pe. João Crippa

Por Silvia Frias | 11/12/2020 08:43
Rua 13 de Maio faz parte da revitalização da segunda etapa de projeto (Foto/Divulgação)
Rua 13 de Maio faz parte da revitalização da segunda etapa de projeto (Foto/Divulgação)

A prefeitura de Campo Grande abriu edital para contratação de empresa que será responsável por recapeamento de 16,7 km das vias transversais às ruas 14 de Julho, 13 de Maio e José Antônio. Esta é a segunda etapa do Reviva Campo Grande, feito com recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e orçada em R$ 63,2 milhões.

O edital foi publicado na edição de hoje do Diário da União. As propostas das empresas participantes da concorrência serão abertas no dia 19 de janeiro de 2021. A licitação foi dividida em dois lotes (lote 1, quadrilátero abaixo da Rui Barbosa e lote 2, acima da Rui Barbosa).

Além do pavimento novo, as ruas receberão novas  calçadas, dentro das normas de acessibilidade, arborização e reforço na iluminação pública. O projeto abrangerá as vias transversais à 14 de Julho no quadrilátero formado pelas ruas 26 de Agosto/Barão de Melgaço, Antônio Maria Coelho, Padre João Crippa e Avenida Calógeras.

A Avenida Calógeras também será revitalizada, mas como parte do projeto de mobilidade urbana. Na via está projetado o corredor do transporte coletivo e  ciclovia que vai se conectar com a da Avenida Afonso Pena.

Mapa mostra a área prevista na revitalização da segunda etapa (Foto/Reprodução)
Mapa mostra a área prevista na revitalização da segunda etapa (Foto/Reprodução)

Na Rua José Antônio, que deve ser o 2º corredor gastronômico, conforme projeto do Executivo, a intervenção será desde a Rua Amazonas até a Avenida Rodolfo Jose Pinho. A Cândido Mariano receberá asfalto novo em toda sua extensão, desde a 25 de Dezembro até a Praça da Cabeça de Boi, confluência com a Orla Morena e a Avenida Júlio de Castilho. A Dom Aquino e a Barão do Rio Branco, da 25 de Dezembro até a Vasconcelos Fernandes, contornando a antiga rodoviária. Nas ruas Antônio Maria Coelho e Maracaju, a revitalização será no trecho entre a Rui Barbosa e a Avenida Ernesto Geisel. A 13 de Maio receberá asfalto novo desde a Avenida Fernando Correa da Costa até a Júlio Nimer, no Bairro São Franscisco.

Previsão - Também no Reviva Campo Grande, nos próximos dias, será recapeada a Rui Barbosa O investimento previsto é de R$ 30,4 milhões para obras em toda a extensão, de 7,1 km, desde as proximidades do viaduto da Universidade Federal (onde se chama Rua Trindade ), até o trecho final, quando se encontra com a Avenida Rachid Neder.

 Está programado um corredor do transporte coletivo no trecho entre a Rua Chile e a Avenida Mato Grosso, com 5 estações de embarque e desembarque. No trecho mais central, a partir do cruzamento com a Avenida Afonso Pena, receberá mobiliário urbano semelhante ao da 14 de Julho, câmeras de monitoramento, padronização das calçadas e acesso a rede Wi-fi.

A revitalização da Rua 14 de Julho fez parte da primeira etapa do projeto, entre no dia 29 de novembro de 2019. O contrato inicial, de 2017, era de R$ 49,2 milhões, mas foi aditiviado e corrigido, finalizando em R$ 60,455 milhões.

Projeto mostra alterações que serão feitas nas ruas transversais (Foto/Reprodução)
Projeto mostra alterações que serão feitas nas ruas transversais (Foto/Reprodução)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário