ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  16    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Leilão em prol do hospital terá animais, jóias e até bota de músico

Atualmente, o hospital necessita de cerca de R$ 100 mil em doações para suprir déficit

Michel Faustino | 14/04/2015 12:56
Hospital quer atingir média de 160 mil procedimentos/ano em 2015. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)
Hospital quer atingir média de 160 mil procedimentos/ano em 2015. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)
Conforme diretor iniciativa faz parte do resgate de credibilidade da instituição. (Marcos Ermínio/Arquivo)
Conforme diretor iniciativa faz parte do resgate de credibilidade da instituição. (Marcos Ermínio/Arquivo)
Cerca e R$ 100 mil em doações são angariados através do serviço de telemarketing para suprir defícit. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)
Cerca e R$ 100 mil em doações são angariados através do serviço de telemarketing para suprir defícit. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

O hospital de Câncer Alfredo Abrão lançou nesta semana a campanha "Leilão pela Vida" com intuito de promover a arrecadação de bens que serão leiloados no dia 3 de maio, a partir das 13h, na Expogrande 2015. Dentro os itens já doados, que irão à leilão, estão: um violão autografado pela dupla Marcos e Belutti uma bota e um chapéu doados pela dupla Munhoz e Mariano, além de animais, joias e obras de arte.

Segundo o diretor-presidente da Fundação Carmem Prudente, Carlos Coimbra, toda a renda será revertida para o hospital que realiza cerca de 13 mil procedimentos mês e possui orçamento de R$ 2 milhões.

Conforme o gestor, o hospital recebe aproximadamente 1,7 milhão em repasses provenientes da União, Estado e Município e complementa a renda com convênios e doações que são angariadas através do serviço de telemarketing da entidade. Segundo ele, atualmente, o hospital necessita de cerca de R$ 100 mil em doações para suprir déficit.

Carlos ressalta que o recurso arrecado no leilão será fundamental, tendo em vista, que existe a expectativa de ampliar o atendimento que hoje é de 140 mil, para 160 mil por ano. Ele ressalta que independente do valor arrecadado o mais importante é que a população sul-mato-grossense participe.

"Ficamos muito feliz por que a todo momento somos procurados por aqueles que querem ajudar. Não só artistas, produtores rurais, empresários, mas a população em geral. E isso é muito importante até porque sofremos um desgaste muito grande por todas as denuncias que houveram e estamos enfrentando esse processo de resgate da credibilidade do nosso trabalho. Queremos mostrar a todos que estamos em uma nova fase e isso nós trás muita responsabilidade, principalmente na aplicação desses recursos", completou.

O gestor lembra que o hospital chegou a perder até 60% das doações em decorrência dos escândalos de desvios de dinheiro envolvendo ex-diretores e médicos da instituições. Segundo ele, graças a confiança da população essa situação já está sendo revertida.

"Hoje vivemos dias melhores. Conseguimos contar com o apoio da população e com uma equipe de cerca de 30 pessoas captamos cerca de R$100 mil por mês, o que, por enquanto, é suficiente para complementar nosso orçamento. E temos muito a agradecer a população por isso", disse.

Iniciativa e serviço - O Leilão da Vida é uma realização conjunta entre o hospital de Câncer Alfredo Abrão, a Acrissul ( Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), e conta com a colaboração de diversos artistas, entre eles: Michel Teló, Bruno e Marrone, Marcos e Belutti, Almir Sater, Fernando e Sorocaba, o ator Matheus Solano, entre outros.

O leilão será no dia 3 de maio, às 13 horas, na Expogrande 2015. Mas para isso é necessário a ajuda e participação de todos, por meio da doação e da participação do leilão. Pelo site do Pacijus é possível fazer a sua doação para o leilão, como gado, joias, eletrônicos, obras de arte, entre outros. O dinheiro arrecadado com a iniciativa será investido no próprio Hospital de Câncer.

A entrada do evento será uma camiseta, disponível no telemarketing do Hospital do Câncer e na Secretaria de Comunicação do TJMS, ao custo de R$ 100,00. Participe você também, ajudar ao próximo só depende de você.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3314-1667.

Nos siga no Google Notícias