ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Madrugada termina com mais de 100 furando o toque de recolher

A operação do toque de recolher - das 23h ás 5h - também flagrou 22 estabelecimentos comerciais abertos fora de hora

Por Giovana Martini | 22/02/2021 09:50
Viatura da Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande durante a fiscalização do toque, da noite de domingo a madrugada desta segunda-feira. (Foto: Assessoria GCM)
Viatura da Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande durante a fiscalização do toque, da noite de domingo a madrugada desta segunda-feira. (Foto: Assessoria GCM)

Cento e nove pessoas foram abordadas pela GCM (Guarda Civil Metropolitana) durante a última inspeção do toque de recolher em Campo Grande. O horário da medida restritiva vai das 23h da noite até as 5h da manhã. Além dos "mandados para casa" a pé, 22 estabelecimentos que funcionavam além do horário permitido foram fiscalizados e fechados.

O número de pedestres da última noite fecha este fim de semana que passou com um total de 659 infratores nas ruas, sendo pelo menos 250 deles flagrados em um show sertanejo em uma conveniência no sábado. O número de estabelecimentos comerciais autuados neste período foi de 54.

Uma operação de blitz no trânsito também ocorreu em conjunto com a fiscalização do toque, com notificações de 12 pessoas se recusando a fazer o teste do bafômetro, 6 autuados por não possuírem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), dois carros e uma moto removidos, além de outras ocorrências.

A GCM (Guarda Civil Metropolitana) recebeu 122 ligações na última noite, sendo 14 denúncias sobre descumprimento do decreto. Para solicitar a presença da Guarda, ligue para o 153.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário