ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Mãe de três crianças, Daiana vê casa encher d’água pela 2ª vez em um mês

Móveis, eletrodoméstico, roupas e pacotes de fraldas molharam com alagamento; na Vila Popular, avenida também inundou

Por Liniker Ribeiro e Ana Beatriz Rodrigues | 27/01/2021 18:28



Depois de dois anos morando na Rua 34 do Bairro Nova Campo Grande, região oeste da Capital, a dona de casa Daiana Glória, de 28 anos, tem vivido dias difíceis devido às fortes chuvas que atingem a região, desde o início de janeiro. Na tarde desta quarta-feira (27), a residência onde mora com os três filhos, de 10 e 7 anos, mais um bebê, de um mês, alagou pela segunda vez, só neste mês.

“Além da minha casa, alagou a da vizinha. Hoje a água chegou a um palmo e mais quatro dedos de altura”, destacou a moradora.

Ainda segundo ela, a chuva na região durou aproximadamente 40 minutos. “Começou por volta das 14h20 e foi muito forte”, afirmou. Com o alagamento, frigobar, guarda-roupas, pacotes de fraldas, cama e roupas da bebê molharam.

“Isso porque máquina de lavar e geladeira eu já perdi na primeira chuva que alagou”, conta Daiana, que também perdeu documentos na outra ocasião.

Desempregada e cuidando dos três filhos, a dona de casa afirma viver, atualmente, com o valor recebido de pensão dos dois mais velhos e Bolsa Família.

Quem puder e quiser ajudar, pode entrar em contato com Daiana pelo Telefone 9.9280-8245.

Mais transtornos – Também na região oeste, a Avenida Rádio Maia também ficou alagada após a chuva desta tarde.

Vídeo gravado por uma leitura mostra as duas pistas da via pública tomadas pela água. “Olha só gente, a situação da Rádio Maia, aqui na Vila Popular.  Chega a ultrapassar a esquina de tão longe que esta indo a água,” comenta a moradora, que pediu para não ser identificada.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), só na tarde de hoje, foram registrados mais de 50 milímetros de chuva.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário